Tudo aquilo que você precisa saber sobre o FEUDALISMO

0
82

Feudalismo: vai estar na sua prova!

O Feudalismo é um dos assuntos mais cobrados nas questões de História de diversas provas nacionais, mas principalmente de alguns vestibulares.

Dessa maneira, é principal que você domine as principais características desse modo de produção. E é justamente por isso que o item de hoje trouxe com um resumo com tudo o que você precisa saber para prometer um bom desempenho nas questões de Feudalismo.

Feudalismo: definição

O feudalismo foi uma forma de organização política, econômica e social preponderante na Europa Ocidental entre os séculos V e XV, período que faz segmento da Subida e Baixa Idade Média.

O feudo zero mais era do que uma propriedade rústico gigante, formado pelo Senhor Feudal, escravos e camponeses, estes, podendo ser livres ou vivendo em condições de servidão.

Essa organização era baseada na posse de terras. Assim, o senhor feudal, doava terras aos grandes senhores, porquê uma forma de recompensa pela participação em grandes batalhas e em outros serviços.

Os grandes senhores eram denominados suseranos, e, por sua vez, concediam as terras ganhas para os vassalos, que consistiam nos senhores menos poderosos e que serviam porquê cavaleiros nas guerras.

Feudalismo: características principais

A sociedade feudal era estamental, ou seja, continha camadas sociais diferentes conforme os privilégios que cada tipo possuía. Dessa forma, existia a nobreza, o clero e os servos. A nobreza era composta pelos senhores feudais, proprietários de terras que tinham poderes políticos, administrativos e jurídicos.

O clero era a igreja, a qual tinha posse de uma grande extensão de terreno, além de ter grande influências nas relações sociais. Os servos eram subordinados a executar ordens de serviços e remunerar diversos tipos de impostos.

A política era exercida pelo senhor feudal, já que era ele que possuía um tropa, era responsável por impor leis, comandar a justiça, conceder privilégios, realizar negociações comerciais e por declarar guerra ou a sossego.

A economia no período feudal se caracterizava pela autossuficiência, ou seja, por produções agrícolas e de subsistência,não havendo negócio. Quando havia colheitas significativas, os excedentes eram trocados com seus vizinhos ou em feiras na cidade por outro maná ou por demais bens.

Essa forma de trocas era denominada de escambo, também ficando conhecida posteriormente porquê a primeira transação mercantil realizada.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui