Tecnologia permite fabricar barreira de segurança para serviços de e-mail com criptografia, e auditoria e aprendizagem de máquina

0
38

Solução pode ser integrada ao Zimbra, Office 365, Google Workplace, Exchange, bloqueia ameaças , permite fabricar regras de aproximação com criptografia e facilita atender à LGPD e GDPR

A Unodata, fornecedora de soluções de e-mail e soluções de segurança do dedo, anuncia a liberação das novas funcionalidade de sua plataforma Unodata Anti Hacking Email Cloud, que pode permitir fabricar regras de aproximação com criptografia e facilita atender à LGPD e GDPR.

A plataforma oferece um conjunto de recursos que permitem fabricar uma barreira de proteção anterior aos servidores de e-mail, com regras de aproximação com criptografia, impedindo que as ameaças cibernéticas cheguem aos usuários finais corporativos de plataformas de mensageria e de colaboração, entre elas Zimbra, Office 365, Google Workplace e Exchange, incluindo Linux Based Servers.

O Unodata Anti Hacking Email Cloud é oferecido porquê serviço – sem premência da instalação de hardware ou software – e permite fabricar uma categoria suplementar de proteção ao serviço de e-mail para impedir a ingresso mensagens não autorizadas (spam) ou contendo adware, esquemas de fraude, pornografia, tentativas de phishing, entre outros riscos.

O serviço gerenciado de filtragem de e-mail da Unodata permite fabricar regras de aproximação a mensagens com criptografia e facilita atender à LGPD e GDPR.

Eder Miranda – Diretor da Unodata

“As ferramentas tradicionais de bloqueio de mensagens maliciosas, anti spam, não oferecem todos os recursos necessários para realizar um bom trabalho e impedir que as redes corporativas não sejam infestadas de vírus de computador e ações de phishing”, comenta Eder Miranda, diretor da Unodata.

“A proposta do Unodata Anti Hacking Email Cloud é justamente esta: oferecer às empresas recursos avançados, muito além do anti spam tradicional, para a proteção de seus e-mails corporativos, com com criptografia, e auditoria e aprendizagem de máquina”, afirma o executivo.

Entre as principais funcionalidades da solução, estão o recurso de auditoria que aplica regras de aproximação com criptografia e retenção baseada em teor sensível e o envio seguro de informações confidenciais e realiza o monitoramento e rastreamento (tracking) das mensagens.

O recurso de arquivamento pode ser aplicado para zelar mensagens e documentos por até 5 anos, dissemelhante de soluções tradicionais, garantindo às empresas sob poderoso controle regulatório obter maior mobilidade mais tempo para a guarda de mensagens e documentos antes de serem eliminados depois prazo legítimo.

O arquivamento também oferece recursos para auditoria avançada, com pesquisa também avançada utilizando-se uma infinidade de critérios.

Senha mandatória para sinceridade de e-mail

Antes de enviar um e-mail, a solução permite ao remetente exigir que o destinatário tenha que fabricar uma senha para que ele possa penetrar a mensagem.

Sem ela, será impossível saber o teor do email recebido. Esta funcionalidade pode ser usada de forma criptografada, para envio de informações sigilosas que não devem ser vistas por outra pessoa, senão a proprietária do endereço de e-mail. Quem recebeu a mensagem poderá responder ao destinatário, mas não poderá a encaminhar para outras pessoas.

Granularidade: configurações avançadas

A solução permite bloquear e liberar remetentes e domínios, ampliando a capacidade de proteção da notícia segura nas plataformas de e-mail. Uma empresa pode fabricar suas blacklists e estabelecer que e-mail não comerciais, tipo gmail, yahoo, hotmail, entre outros, possam ser bloqueados.

Ou bloquear por países. Pode também estabelecer que áreas específicas, porquê a mercantil ou de RH, possam receber estes tipos de e-mails. Outras empresas que vendem para pessoas físicas, porquê o varejo ou escolas, podem admitir oriente tipo de domínio de e-mail, uma vez que, neste casos, é usual que as pessoas não utilizem as contas de email das empresas onde trabalham.

A solução também permite o bloqueio de mensagens que possam sustar arquivos anexados com extensões de riscos, tais porquê executáveis ou arquivos compactados, ou de mídias não autorizadas dentro do envolvente de trabalho, porquê mp4, mp3 e outras.

Bloqueio de palavras chaves – As mensagens contendo palavras ou expressões mais utilizadas por spammers, tais porquê “clique agora”, “remunerar agora”, “acesse o bankline”, “baixe agora”, “solicitação de orçamento”, entre outras também podem ser bloqueadas para evitar um phishing que se utiliza de recursos que podem enganar o usuários.

Notificação incremental de e-mail pendentes – As mensagens de e-mail que necessitam ser verificadas se são válidas ou realmente spam, o Unodata Anti Hacking Email Cloud permite configurar alertas, diários ou não, para que os usuários possam validar o teor que chegam de diversas origens.

O recurso é muito útil para evitar que uma mensagem que deve ser lida não lá para a lixeira. Isso evita transtornos relacionados a domínios de remetentes, que podem ser de clientes, possam tombar no spam porque seus domínios foram capturados por serviços que gerenciam blacklists.

Aprendizagem de máquina para os riscos – A plataforma Unodata Anti Hacking Email Cloud possui um motor de aprendizagem de máquina que permite qualificar as mensagens de convénio com o seu proporção de risco, uma classificação feita baseada em regras e padrões nativos da instrumento.

Quanto mais perigosa, maior a pontuação de risco que a mensagem vai receber. O nível de riscos de cada mensagem é visível para o usuário, a partir de uma sinalização visual ao lado de cada mensagem.

Por padrão, qualquer mensagem que receba menos de 5 pontos no proporção de risco é considerada boa e, portanto, entregue ao usuário. Aquelas supra desta classificação devem ser analisadas pelo usuário logo que ela chega à lista de pendências de validação. Supra de 15 pontos, ela é involuntariamente enviada à caixa de spam para o usuário não perder tempo.

Para que as plataformas de e-mail possam receber a categoria de proteção, o gestor de rede configura o Unodata Anti Hacking Cloud para reconhecer o DNS (Domain Name System) e fabricar a interface com o serviço de e-mail utilizado.

Porquê o TDM pode facilitar as instituições frente à LGPD

Abílio Branco da Thales fala sobre as principais etapas para conformidade com a LGPD

LGPD exige que a inovação do dedo siga o noção “Privacy by Design”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui