Sistema de agendamento para vacina contra Covid-19 volta a funcionar em Palmas | Tocantins

0
19
Links Patrocinados

O sistema de agendamento da vacina contra o coronavírus em Palmas voltou a funcionar na manhã desta quarta-feira (16). O serviço estava fora do ar desde a tarde desta terça-feira (15), quando um carruagem derrubou um poste e deixou a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) sem força até a noite.

Segundo o cronograma divulgado no início da semana, nesta quarta-feira (16) o município está aplicando tanto a primeira uma vez que a segunda ração dos imunizantes. Os grupos prioritários são:

  • Idosos supra de 60 anos;
  • Profissionais aeroportuários;
  • Profissionais da instrução de nível médio;
  • Profissionais da instrução (Trabalhadores de berçários, creches e pré-escolas);
  • Profissionais de Saúde D1 e D2;
  • Pessoas com comorbidades com 18 anos ou mais;
  • Grávidas e puérperas com comorbidades a partir de 18 anos;
  • Pessoas imunossuprimidas a partir de 18 anos;
  • Pessoas com definiciência permanente a partir de 18 anos;

O atendimento para esses públicos será realizado até esta quarta-feira (16), das 13h às 17h, em 15 unidades de saúde. Também há atendimento das 16h às 20h na USF da 1.004 Sul. (Confira todos os locais inferior).

Para quem precisa tomar a segunda ração da CoronaVac, a emprego deste imunizante está sendo somente nas USFs da 409 Setentrião, 403 Sul e José Hermes.

No caso das pessoas com comorbidades, é necessário levar laudo ou relatório médico comprovando a exigência de saúde (original e imitação); documentos pessoais (RG, CNH, CPF), Cartão de Vacina; Cartão do SUS, Caderneta da Gestante (para as grávidas); enunciação de nascido vivo ou natimorto (para puérperas). O laudo original fica retido no sítio da vacinação.

Quanto aos trabalhadores da instrução, a Semus orienta que os profissionais da rede pública apresentem documentos pessoais e comprovante de vínculo com a atividade, uma vez que o último contracheque.

Já os trabalhadores da rede pessoal de ensino deverão apresentar contracheque, enunciação do empregador informando a unidade escolar e o nível de ensino em que atua. Ambos devem levar os documentos originais com imitação.

Os empregados do setor desatento também precisarão provar a dimensão de atuação.

Cronograma de vacinação em Palmas — Foto: Reprodução

Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Links Patrocinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui