Semana de Ciência e Tecnologia aborda ações e políticas cooperadas para superar problemas porquê a pandemia – Maranhão de Todos Nós

0
27

Vice-governador Carlos Brandão destacou influência dos investimentos em ciência e tecnologia (Foto: Brunno Roble)

Na noite desta segunda-feira (04), o vice-governador Carlos Brandão participou da cerimônia virtual de exórdio da Semana Estadual de Ciência e Tecnologia – SNCT. Com a temática “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovação para o planeta”, além da participação do vice-governador, a cerimônia contou também com palestra do Dr. Dimas Covas, presidente do Instituto Butatan, com o tema “Ações do Instituto Butantan no combate à pandemia de Covid-19”.

O objetivo é problematizar as questões que ultrapassam fronteiras, porquê o enfrentamento do repto sanitário e humanitário da pandemia de Covid-19, em procura de construção e realização de ações e políticas cooperadas, integradas e convergentes.

O vice-governador Carlos Brandão iniciou a exórdio da semana parabenizando o Instituto Butantan no combate à Covid-19 com o desenvolvimento da vacina. “Muitos criticaram o Instituto Butantan, mas os cientistas foram lá e mostraram todo o poder da pesquisa e do trabalho duro para fabricar a vacina. O Butantan mostrou para todos o que a ciência pode fazer de bom em tempos tão difíceis da pandemia que vivemos”, afirmou Brandão.

O Maranhão se destacou no desempenho de combate à Covid-19 com a menor taxa de mortalidade do país. “Investimos fortemente em estrutura e ampliamos o quadro de profissionais de saúde da rede pública. Tudo para combater de forma eficiente essa doença que assolou o Brasil inteiro. Estamos vencendo essa pandemia, mas a manutenção das medidas preventivas permanece”, destacou o vice-governador Carlos Brandão.

Investimentos em ciência

“O Governo do Maranhão, ao trazer para o debate da Semana de Ciência e Tecnologia a transversalidade da ciência e inovação para o planeta, demonstra o investimento e preocupação com o desenvolvimento de pesquisas sérias que buscam por resultados resolutivos para ajudar a população a superar as dificuldades impostas pela pandemia”, ressaltou o vice-governador.

Para finalizar sua participação na SNCT 2021, Brandão afirmou que o governo planeja novos caminhos sociais e econômicos para enfrentar as consequências da pandemia. “Tivemos que nos reconectar e estabelecer políticas públicas firmes para chegarmos à vitória no combate à pandemia. Esta Semana é uma óptimo oportunidade de troca de conhecimentos científicos”.

Sobre a SNTC

A Semana Vernáculo de Ciência e Tecnologia tem porquê proposta, entre os dias 05 e 08 de outubro, apresentar 106 atividades de alunos do ensino médio, graduação, pós-graduação e pesquisadores em universal relativas ao tema deste ano. Dentre as atividades haverá: palestras, minicursos e pôsteres sobre o tema mediano, com transmissão no ducto da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação no Youtube (Secti Maranhão) e em todos os canais oficiais do Governo do Estado. 

Em 2021, alcançou-se a marca de 18 edições da Semana realizadas no Maranhão. É importante ressaltar que, em anos anteriores, o estado figurou porquê a 3ª maior Semana do Nordeste e a 7ª maior do país.

A Semana Vernáculo de Ciência e Tecnologia pretende promover a disseminação e a popularização da ciência, incentivando a interação (transversalidade) entre ateneu, setor produtivo e população.

O tema deste ano definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTIC) do governo federalista é A Transversalidade da Ciência, Tecnologia e Inovação para o Planeta.

Leste tema problematiza as questões que ultrapassam as fronteiras do país, porquê por exemplo o enfrentamento do repto sanitário e humanitário da pandemia de Covid-19; ao mesmo tempo em que procura ações e cooperações de outros estados e nações.

A transversalidade da ciência e da tecnologia consiste em contextualizar e resgatar à memória uma teoria de ciência construída e realizada com a participação de vários atores. Leste protótipo transversal relacionado à ciência e à tecnologia pretende produzir mecanismos para superar os desafios globais, nacionais e regionais (a exemplo da pandemia), entre as diversas áreas do saber, para integrá-las e otimizá-las em mercê da humanidade.

Comentários

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui