QUIVER – Matriz de Eisenhower para corretores de seguros: produza mais definindo prioridades | SEGS

0
51
Links Patrocinados

Organização é fundamental para manter o controle de qualquer empresa. Em corretoras de seguros, gerir demandas e saber categorizá-las é uma das estratégias mais eficientes para invadir sucesso nos negócios.

Com esse objetivo, faz sentido a emprego da Matriz de Eisenhower, metodologia que atende qualquer tipo de empresa. A utensílio permite que o gestor ou colaborador visualize de forma detalhada as tarefas a fazer, com o objetivo de classificá-las para ter transparência e priorizar o que é mais importante, assim pode produzir mais.

Conheça a Matriz de Eisenhower

A Matriz de Eisenhower consiste na técnica de gerenciamento de tarefas praticadas através da definição do proporção de valimento das atividades. Ela leva esse nome porque foi desenvolvida por Dwight D. Eisenhower, 34º Presidente dos Estados Unidos.

Para empregar o método, o primeiro passo é entender a estrutura da matriz. A utensílio tem dois eixos. Um deles mede o proporção de valimento e o outro a urgência das atividades. Os eixos se tocam na secção subordinado da tábua formando um ângulo de 90º. A matriz portanto é dividida em quatro quadrantes, cada um deles representa um nível de urgência e valimento para as tarefas, porquê:

  • Importante e urgente – Faça imediatamente.
  • Importante, mas não urgente – Planeje quando fazer / faça em seguida.
  • Urgente, mas não importante – Delegue para outra pessoa.
  • Não importante e nem urgente – Faça depois ou descarte. Estrutura da Matriz de Eisenhower para corretores de seguros.


Estrutura da Matriz de Eisenhower para corretores de seguros.

Por isso, para utilizar a matriz e obter resultados é necessário ter o feeling para deliberar quais ações são urgentes e não urgentes no momento. Outro pormenor é que a tábua precisa ser atualizada continuamente. Conforme as tarefas são cumpridas, outras ganham espaço no quadrante.

Leia também: Automatização de processos: O que a sua corretora ganha com isso?

Coloque o método em prática na corretora

Se deparar com corretores de seguros perdidos diante do acúmulo de e-mails, cadastros e números não é novidade. Nesse sentido, a Matriz de Eisenhower é decisiva para organizar e, assim, aumentar a produtividade.

O corretor de seguros unicamente precisa saber diferenciar as tarefas. Em universal, as tarefas importantes estão relacionadas a metas e relatórios. As urgentes são as que têm prazo apertado para executar, porquê renovações.

Adotar a matriz em corretoras contribui para focar melhor nas tarefas que realmente agregam no incremento da empresa. Você passa a entender que a relação de um colega sobre determinado documento, não tem o mesmo peso que uma mensagem de um segurado indicando o telefone de um verosímil novo cliente.

Aliás, o método é simples de implantar e cevar em qualquer protótipo de corretora de seguros. Ele contribui para a organização das demandas de toda a estrutura organizacional, dando mais transparência e efetividade nas tarefas.

O software de gestão que facilita o controle de tarefas é uma opção que, unida à Matriz de Eisenhower, pode prometer organização e processos mais ágeis.

Quiver Soluções a grande parceira dos Corretores e Corretoras de Seguros
Segurança e eficiência que geram crédito e resultados!
Muito mais do que números: somos um revérbero do sucesso de nossos clientes

Links Patrocinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui