Porquê esperado, Yellen pede mais gastos contra a crise no Senado dos EUA | Internacional e Commodities

0
17

Janet Yellen, indicada pelo presidente eleito dos EUA, Joe Biden, para assumir o Departamento do Tesouro, defendeu nesta terça-feira (19) que o Congresso aprove mais pacotes de incentivo para a economia. Caso contrário, o país pode enfrentar consequências de longo prazo por motivo da recessão causada pela pandemia de covid-19.

A ex-presidente do Federalista Reserve (Fed), o banco mediano americano, está sendo sabatinada por membros do Comitê de Finanças do Senado, segmento do processo da confirmação de sua indicação para comandar o Departamento do Tesouro.

Porquê antecipado pela prelo americana, Yellen afirmou em um oração inicial que, sem a aprovação de mais medidas para concordar a economia, os EUA podem enfrentar consequências econômicas de longo prazo. Na semana passada, Biden apresentou um pacote de US$ 1,9 trilhão em estímulos, com medidas que vão desde ao pagamento direto para os americanos a ampliação dos benefícios para os desempregados.

“Nem o presidente eleito nem eu propomos esse pacote de ajuda sem uma opinião do peso da dívida do país. Mas agora, com as taxas de juros em mínimos históricos, a coisa mais inteligente que se pode fazer é agir grande”, disse Yellen no oração.

“No longo prazo, acredito que os benefícios superarão em muito os custos, principalmente se nos preocuparmos em ajudar as pessoas que estão lutando há muito tempo”, acrescentou a indicada para o Departamento do Tesouro.

Yellen antecipou que Biden pedirá a aprovação de um segundo pacote de estímulos, sem dar mais detalhes, mas explicou que o objetivo do governo é priorizar desempregados, famílias em dificuldade e pequenas e médias empresas, principalmente de setores mais afetados pela pandemia, porquê o de serviços.

Em resposta aos questionamentos dos senadores, Yellen também afirmou que está pronta para usar todas as ferramentas para combater práticas abusivas da China, que revisará a atual política de sanções adotada pelo governo Trump e que trabalhará com aliados dos EUA para responder a esse tipo de ação no cenário global.

Ou por outra, Yellen disse que a mudança climática é uma prenúncio existencial e disse que Biden implementará políticas para resolver o problema, aliando a luta contra o aquecimento global à geração de empregos.

Janet Yellen — Foto: SammyWaffle!/Wikimedia Commons

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui