Pedro Roble volta ao Brasil para estrelar filme sobre goleiro da Chapecoense · Notícias da TV

0
23

O ator português Pedro Roble, que fez sucesso porquê Abel em A Dona do Pedaço (2019), está em Portugal para a romance Paixão Paixão, do ducto SIC. Mas ele já tem data para voltar ao Brasil. Em março, o galã de 35 anos reassume sua agenda de compromissos no Rio de Janeiro. Entre os projetos, está o filme Goleiro, que contará a trajetória de vida de Danilo Padilha (1985-2016), desportista da Chapecoense que morreu no sinistro leviano com a delegação na Colômbia.

“Estou confirmado nesse filme. A previsão de filmagem é 2021 e espero que aconteça. Todo mundo está botando muita fé nesse longa. Fiquei muito feliz com o invitação. Não posso revelar grandes coisas do personagem, mas fazer cinema no Brasil é muito importante para mim. Espero que a gente consiga emplacar esse projeto e que essa pandemia termine de uma vez para fazer tudo sem qualquer problema”, revela Roble ao Notícias da TV.

O longa-metragem terá Klebber Toledo porquê protagonista e está em tempo de captação desde 2017. A produção dirigida por Thiago Di Melo contará a história de superação de Padilha desde a puerícia humilde até a glorificação porquê jogador profissional. O desportista se consagrou porquê goleiro na Chapecoense e estava no auge de sua curso quando morreu, aos 31 anos.

No enredo, Roble assumirá o posto de contendedor do planeta do futebol, o que será um repto. “Realmente, ele é o opositor. Ele vai fazer da vida do protagonista um inferno. Terei que ter um preparo muito grande, o que é uma coisa que me dá prazer. Logo, estou muito ansioso para estrear logo”, entrega.

Antes de Goleiro, o ator poderá ser visto em O Segundo Varão, de Thiago Luciano, com previsão de lançamento ainda para levante ano. Na produção, ele interpretou um sicário e usou pela primeira vez seu recém-adquirido sotaque brasílico depois meses de trabalho com uma fonoaudióloga.

“Já estou falando português brasílico sem sotaque. Logo, me sinto pronto para fazer personagens que não usem somente o português de Portugal. Eu senhor fazer, mas poder fazer o português brasílico abre um leque maior de trabalho. Neste último [O Segundo Homem], eu já interpretei um brasílico, e isso é muito importante para mim”, comemora.

Bombeiro mulherengo em Portugal

Atualmente, Roble está em Lisboa, Portugal, no ar na romance Paixão Paixão, do ducto SIC. Ele divide a cena com outros nomes conhecidos no Brasil: Ricardo Pereira e Paulo Rocha estão no elenco. No folhetim, ele interpreta o bombeiro Serafim, um mulherengo incorrigível. 

A trama estreou em 4 de janeiro, com gravações iniciadas em setembro de 2020 –ou seja, em plena pandemia. Voltar aos estúdios com incontáveis testes de Covid-19 não intimidou o artista.

“Odeio permanecer parado e já estava com saudades de trabalhar, ainda mais no meu país. A questão é que a gente está tomando todos os cuidados. Sou testado todas as semanas. As cenas de ósculo e com proximidade foram completamente reduzidas. São tomados todos os cuidados do protocolo de segurança”, observa.

“Ficamos o dia inteiro de máscara, cada um no seu camarim. Tiramos a máscara só para gravar. Toda a equipe técnica fica de máscara e também é testada. Não há interação entre os atores, isso é a segmento mais chata disso tudo. Mas isso é preciso neste momento. Graças a Deus estamos conseguindo gravar”, comemora.

Roble encerra sua agenda de gravações em Paixão Paixão em março, quando retorna para o Rio de Janeiro. “Volto de novo para o Brasil porque tenho residência aí e quero continuar minha curso no país. Vou permanecer sempre nessa ponte-aérea Portugal-Brasil”, finaliza.

Veja publicações de Pedro Roble sobre Paixão Paixão:

Confira publicações sobre o filme Goleiros:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui