Passo a passo para aumentar sua renda

0
48

investimento esta cada vez mais presentes na vida dos brasileiros, e porquê é um matéria novo para grande segmento das pessoas, é normal que surjam dúvidas sobre o matéria. Uma delas é o quanto devo direcionar da minha renda para investir. A resposta é que sempre devemos considerar o nossa situação ao falar sobre finanças pessoais.

Investimento para iniciantes: Passo a passo para aumentar sua renda (imagem FDR)

Um valor que para visível tipo pode parecer pouco, pode ser uma meta impossível para outra. Sendo assim, é necessário considerar alguns fatores antes de separar o verba para seus investimentos.

Atenção: antes de se iniciar no mundo dos negócios, é preciso produzir uma suplente de emergência (um verba que ficará guardado e que pode ser usado caso apareça qualquer imprevisto). Saiba por que ela é tão importante e porquê produzir a sua.

Quanto investir se você não guarda verba atualmente 

A tarefa de vigiar verba não é fácil. A verdade de milhões de brasileiros envolve questões complexas e inferior você entende os motivos:

  • 50% da população brasileira contava com exclusivamente R$413 mensais em 2018, de conciliação com IBGE
  • 36% das pessoas afirmam que não administram suas próprias finanças, ou seja, para mais de um terço da população, entender o que entra e sai do bolso a cada mês não é um hábito
  • 43% das pessoas terminam o mês sem verba, e outras 33% terminam o mês no vermelho

Esses dados mostram que você não é o único que não consegue juntar verba. Finalizar o mês no azul ainda é um privilégio para uma pequena segmento da população. 

Porém, se você conseguiu controlar seus gastos e observou que é provável poupar uma quantia mensalmente, comece com uma meta pequena.

Você pode iniciar, por exemplo com 1% ou 2% da sua renda. Neste momento, o mais importante é mostrar para si mesmo que é provável vigiar. Caso a meta seja muito subida, você pode perfazer não conseguindo poupar e se fruste.

Quanto investir se você costuma poupar, mas sem uma meta determinada 

Caso você poupe verba, mas sem uma meta determinada, a próxima lanço é organizar as finanças para produzir o hábito de investir, todos os meses, a mesma parcela de sua renda.

Uma idéia é adotar a regra 50-15-35, em que 50% da renda é destinada para gastos essenciais, 35% para despesas de lazer e estilo de vida e 15% para prioridades financeiras  (quitar dívidas, poupar ou investir).

Paulo AmorimPaulo Amorim

Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua porquê do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em universal e também porquê repórter do site Magnificência do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui