NOVO Bolsa Família em 2021 ajusta valores, formas de pagamento e regras

0
7

O novo Bolsa Família terá a média paga ampliada e o número de beneficiários. Dessa maneira, o valor passará de R$ 192 para R$ 250. Com isso, o termo do auxílio emergencial marcado para julho não será sentido por esses beneficiários.

NOVO Bolsa Família em 2021 ajusta valores, formas de pagamento e regras (Imagem: montagem/FDR)

Depois muitas discussões no ano pretérito para a geração do Renda Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), decidiu continuar pagando o Bolsa Família. No final de 2020, o patrão do Executivo já tinha informado que o programa passaria por mudanças.

Dessa maneira, essa será a primeira ampliação do Bolsa Família, desde a sua geração em 2004. Atualmente, o programa contempla 14,6 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade social. A média paga a cada uma delas é de R$ 192.

Benefícios do Bolsa Família

O programa se trata da união de diversos benefícios. Cada família pode apinhar até cinco benefícios, com exceção do Mercê jovem. Por esse motivo, o valor recebido é variável, conforme a constituição familiar:

  • Mercê para crianças e adolescentes de 0 a 15 anos: R$ 41;
  • Mercê para gestantes (duração de nove meses): R$ 41;
  • Mercê para nutrizes (crianças entre 0 a 6 anos): R$ 41;
  • Mercê variável jovem (adolescentes entre 16 e 17 anos – cada família pode apinhar até dois): R$ 48;
  • Mercê de superação a pobreza: valor variável.

O governo pretende ampliar o valor pago nesses programas. Com isso, o valor médio pago também será ampliado para R$ 250. Outrossim, está sendo estudada a possibilidade de alongar novos benefícios:

  • Auxílio-creche: R$ 52,00;
  • Bônus anual para o melhor aluno: R$ 200,00;
  • Bolsa mensal de R$ 100,00, mais um prêmio anual para o estudante destaque na espaço científica e técnica: R$ 1.000,00.

Os beneficiários do Bolsa Família já podem usufruir do pagamento do dedo. Isso porque, desde o ano pretérito, a Caixa começou a depositar o valor do programa na conta Poupança Social Do dedo. Com isso, é provável fazer compras e pagamentos usando o aplicativo Caixa TEM.

Critérios para receber o Bolsa Família

Atualmente, o programa exige que as famílias beneficiadas tenham uma renda per capita mensal de até R$ 89,00 ou de até R$ 178,00. Nesse último caso, só é comtemplada as famílias que tenham em sua constituição gestante, nutrizes, crianças e adolescentes até 17 anos.

Além de estar dentro da situação de pobreza ou pobreza extrema, é necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único do Governo Federalista (CadÚnico). Os dados devem estar atualizados há, pelo menos, dois anos.

Glaucia AlvesGlaucia Alves

Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federalista Rústico de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 7 anos. Esse ano começou a trabalhar porquê redatora e porquê corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR e realiza consultoria de redação on-line.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui