‘Não tinha campanha’ · Notícias da TV

0
42
Links Patrocinados

Luana Piovani comparou a agressão que sofreu de Oferecido Dolabella em 2008 com a violência vivida por Pamella Holanda pelas mãos do DJ Ivis. “Fico feliz em ver as mulheres se unindo e denunciando, pois quando eu fui agredida não tinha campanha e nem Instagram”, declarou a atriz nas redes sociais nesta terça-feira (13).

No glosa feito pela instrumento Stories do Instagram, Luana compartilhou uma publicação de Alessandra Maestrini em que uma tirinha explica que é necessário tutelar as mulheres de violência doméstica. Em 2008, a apresentadora foi agredida por Dolabella, seu logo namorado.

Apesar de ser famosa, a artista não recebeu tanto pedestal público na idade uma vez que Pamella está ganhando atualmente. “Fico feliz em ver as mulheres se unindo e denunciando, pois quando eu fui agredida não tinha campanha e nem Insta”, relembrou a loira, que também ressaltou a vitória do ator em A Rancho, reality da Record que conta com voto do público. 

Glosa de Luana Piovani sobre Pamella (Reprodução/Instagram)

“O assaltante, seis meses depois, ganhou um reality, e as mulheres diziam: ‘Vem escadeirar em mim’. As mulheres já me envergonharam e pioraram a minha situação imensamente. Suspiro aliviada em ver que uma mudança está acontecendo”, pontuou a ex-mulher de Pedro Scooby. 

Oferecido Dolabella deu um tapa no rosto da atriz e empurrou a camareira Ismê de Souza na boate 00, no Rio de Janeiro, na frente de várias testemunhas. 

Segundo relatos da idade, Oferecido estaria alcoolizado e teria usado entorpecentes na situação, e os dois teriam começado a discutir.

Luana chegou a processá-lo em seguida a agressão, mas perdeu a motivo. Ela também falou publicamente em seu blog que os dois não estavam mais juntos.

Em meados de 2012, Luana entrou novamente com processo contra Oferecido Dolabella. O motivo seria o indumento do ator ter desrespeitado o limite de permanecer 250 metros de intervalo dela.

A insubordinação aconteceu três vezes, e a juíza Cíntia Santarém deu voz de prisão a Oferecido. Michel Assef Fruto, legista do ator, recorreu e conseguiu um o habeas corpus na ocasião.

Pamella Holanda

Depois publicar vídeos em que aparece sendo espancada pelo ex-marido, o Dj Ivis, Pamella Holanda viralizou nas redes sociais e publicou um longo desabafo sobre o período em que conviveu com o assaltante. Ela também criticou as pessoas que assistiam às cenas assustadoras e não a defendiam.

“Não existe glória, status, numerário, posição social, contato ou influência que permita ele de permanecer impune. Eu me calei por muito tempo. Eu sofria sozinha com minha filha, sem pedestal até dos que diziam estar ali para ajudar, que eram coniventes e presenciaram tudo calados, sem interferir, com a desculpa de que eu tinha que sustentar calada”, relatou ela.

Nesta terça-feira, a equipe influenciadora do dedo compartilhou um alerta pelo perfil de Pamella. “Se você é amiga de alguém que está inserida em um relacionamento repreensível, não deixe essa amizade porque ela ou ele não te escuta. É esgotante, frustrante, mas pode ocorrer o pior. Por muitas vezes você vai cansar e até proferir que não quer mais saber, mas seja rede de pedestal, esteja sempre ali”, pediu a amiga, que não se identificou. 

Confira: 

Links Patrocinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui