Microsoft lança emojis em 3D no Windows, incluindo o Clippy

0
48
Links Patrocinados

Posteriormente a campanha nas redes sociais, a Microsoft irá reviver o famoso personagem Clippy. O idoso mascote do Office substituirá o emoji de clipe de papel no Teams e Microsoft 365, e ele não estará sozinho na atualização.

O novo Clippy faz segmento de um enorme update com 1.800 emojis que serão lançados para os softwares do Windows. Todas as figuras foram redesenhadas com traços em 3D e seguem o estilo Fluent Design adotado pela empresa.

O novo Clippy substituirá o “simples e entediante” emoji de clipe de papel.Natividade:  Microsoft/Divulgação 

A novidade coleção de emojis do Windows começará a nascer nos programas do Microsoft 365 nos próximos meses. As figuras incluem cores brilhantes e saturadas, enquanto o elemento 3D acrescenta um toque de modernidade.

Segundo Claire Anderson, “emoji-ologista” solene da Microsoft, o foco dos desenhos é trazer um pouco de diversão para o envolvente de trabalho. Assim, o retorno do Clippy é uma “ração de nostalgia” para antigos usuários do sistema operacional.

Para mais, muro de 900 emojis revisados também terão versões animadas para softwares porquê o Teams. Inspirado no legado do Skype, a intenção é trazer de volta alguns dos elementos do “reformado” app de informação da Microsoft.

Novos emojis do Windows ganharam linhas 3D.Novos emojis do Windows ganharam linhas 3D.Natividade:  Microsoft/Divulgação 

Melhorando as conversas entre as pessoas

Nos últimos anos, os emojis se tornaram uma segmento importante da informação online. As figuras adicionam emoção às interações sem vida através das telas de computadores e smartphones.

Para a atualização, a Microsoft repensou as “expressões gráficas do profissionalismo”. Muito porquê, a empresa destaca que os desenhos se tornaram muito relevantes durante “uma pandemia que confundiu os limites entre o trabalho e a vida pessoal”.

“Porquê ser pândego ou altamente significativo não é alguma coisa fácil para todos, os emojis são os ajudantes perfeitos. Eles são extensões de nossa própria humanidade e uma importante utensílio de informação”, conclui Claire Anderson.

Links Patrocinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui