Microempreendedores do setor de eventos receberão auxílio do governo

0
36

O secretário de Estado da Rancho, Rafael Fonteles, tirou dúvidas sobre o pagamento do auxílio no valor de R$1000 a trabalhadores de bares, restaurantes ou estabelecimentos de eventos que perderam o ofício nos últimos seis meses e não têm nenhum favor previdenciário ou assistencial.

O secretário explicou que a proposta de geração do auxílio será enviada até amanhã (16) para a Reunião Legislativa. O edital que regula o favor já está sendo elaborado e o expectativa do governo é que os pagamentos sejam feitos ainda neste mês de março. A dotação orçamentária é de R$5 milhões. 

Será pago R$1000, parcelado em duas vezes de R$500, aos trabalhadores de bares, restaurantes ou do setor  de eventos que perderam o ofício. Microempreendedores deste setor receberão R$1000, pago em parcela única.

O secretário esclareceu que mais de um membro de uma mesma família poderá receber o auxílio, desde que siga o regramento do edital e comprove ser trabalhador de bares, restaurantes ou estabelecimentos de eventos, que não tem nenhum tipo de favor previdenciário ou assistencial.

Rafael Fonteles adianta que será criado um site onde o público-alvo do auxílio poderá se cadastrar e, em seguida a aprovação do cadastro, é que o favor será pago.  Rafael explicou, ainda, que o valor não terá que ser devolvido aos cofres públicos posteriormente. 

“São medidas porquê essa que injetam liquidez seja para trabalhadores, seja crédito para empresas, seja  em investimento público direto em obras. Essas ações ajudam no  processo de recuperação da economia, principalmente numa crise econômica”, analisa Fonteles.  

Além do auxílio aos trabalhadores que perderam o ofício, o governo do Piauí anunciou a seguintes medidas econômicas:

  • Novo REFIS pra débitos de ICMS e IPVA (redução de juros, multas e parcelamento maior); 
  • Postergação por 90 dias do pagamento do Simples Vernáculo das competências de março, abril e maio (já solicitado ao Comitê Gestor do Simples Vernáculo); 
  • Novas linhas de financiamento da Filial de Fomento do Piauí de R$ 50 milhões para micro e pequenos empreendedores (com destreza e taxas reduzidas).

Izabella Pimentel
[email protected] 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui