Mais de 2,1 milhões de jovens de baixa renda já têm a Identidade Jovem — Português (Brasil)

0
40
Links Patrocinados

Ir ao cinema, ao teatro ou a eventos esportivos pagando meia-entrada estão entre os benefícios de quem tem a Identidade Jovem, conhecida uma vez que ID Jovem. Até maio deste ano, 2,1 milhões de carteirinhas já haviam sido emitidas.

O documento beneficia os jovens de baixa renda inscritos no Cadastro Único do Governo Federalista que tenham entre 15 e 29 anos. Aliás, a renda familiar mensal deve ser de até dois salários mínimos.

A ID Jovem está disponível por meio do aplicativo solene ID Jovem 2.0 ou pelo site do favor. O prazo de validade é de seis meses, mas pelo aplicativo é provável renovar o documento de maneira simples e rápida e gratuita.

A titular da Secretaria Vernáculo de Juventude, que é vinculada ao Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, Emilly Coelho, dá detalhes sobre as vantagens de ter a ID Jovem.

O que é a ID Jovem?

A identidade jovem é o documento que possibilita aproximação aos benefícios de meia ingressão em eventos artísticos-culturais e esportivos e também a vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual. Isso para transportes aquaviários, rodoviários e ferroviários. Tudo isso está disposto no Decreto 8.537/2015 (https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Decreto/D8537.htm).

A ID Jovem pode ser emitida pela internet e por aplicativo. Além dos benefícios, que informações estão disponíveis?

O ID Jovem também se materializa por meio de um aplicativo para celular. Atualmente, temos ele unicamente pra Android, mas estamos trabalhando para que ele esteja disponível também para IOS. E porque isso? Porque na atualização do ID Jovem incluímos algumas funcionalidades que não existiam anteriormente. Mesmo o jovem que não é beneficiário direto do ID Jovem, que não atende ao critério de renda, ele vai poder usar o aplicativo porque concentramos todas as informações a nível de Governo Federalista que tenha a ver com a juventude. Por exemplo, informações dos ministérios de Ciência e Tecnologia, da Ensino, da Economia, da Cidadania, tudo que tem a ver com juventude concentramos no ID Jovem. Transformamos ele em um grande hub de informação para todos os jovens do Brasil. Ele tem essa funcionalidade de gerar a carteirinha para aqueles jovens que atendem as condições e também vai ser uma grande forma de informação tanto da Secretaria Vernáculo de Juventude uma vez que do Governo Federalista com todos os jovens do Brasil.

Quem pode obter a ID Jovem?

Para obter, as condições são ter a idade entre 15 e 29 anos. O favor vale também para não estudantes. Ele não se confunde com a carteirinha de estudante porque não é preciso ser estudante para ter o ID Jovem. E tem que estar inscrito no Cadastro Único do Governo Federalista. Para incluir ou atualizar os dados, ele pode procurar o Cras, Centros de Referência de Assistência Social, ou o setor responsável pelo CadÚnico das suas cidades. Ele precisa estar com o cadastro atualizado para conseguir acessar os benefícios.

Já foram geradas mais de 2 milhões de carteiras. Quais os principais benefícios que o ID Jovem proporciona?

Dentre os principais benefícios, ela possibilita que os jovens de baixa renda tenha aproximação aos benefícios que falei uma vez que meia-entrada. Aliás, o aplicativo se tornou um grande hub de informação. Sabemos que atualmente os jovens estão super conectados, mas essa conexão não necessariamente significa informação. Esse programa é muito importante para que os jovens, principalmente aqueles do CadÚnico, tenham aproximação a esporte, cultura e lazer, mas não só o jovem do CadÚnico vai ser beneficiado pelo ID Jovem. Todo jovem brasiliano que queira ter a sua mão as informações de Governo Federalista, de cursos, editais, vagas para mestrados, doutorados, tudo que a Secretaria Vernáculo da Juventude encontrar para beneficiar o jovem vai ser concentrado no ID Jovem.

Links Patrocinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui