Juiz de Fora ganha projeto para viabilizar negócios no município

0
27
Links Patrocinados

Marcando o natalício do município, a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), o Serviço Brasílico de Esteio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MG) e a Junta Mercantil do Estado de Minas Gerais (Jucemg) inauguraram, nesta segunda-feira (31), a Sala do Empreendedor em Juiz de Fora. Conforme a PJF, levante será um espaço para simplificar e melhorar o envolvente de negócios na cidade. O intuito é facilitar os processos de preâmbulo, regularização e baixa de empresas, oferecendo serviços exclusivos e capacitações. A inauguração ocorreu em ato simbólico no início da noite, no Anfiteatro João Carriço, no Paço Municipal, Núcleo.

O secretário de Desenvolvimento Sustentável e Inclusivo, da Inovação e Competitividade, Ignacio Fino, explicou que a Sala do Empreendedor integra um programa de redução de burocracia no município, anunciado pela Prefeitura nos primeiros centena dias de gestão da prefeita Margarida Salomão. “A inauguração da Sala do Empreendedor é uma das iniciativas dentro do ‘Desenrola Juiz de Fora’, em que pretendemos melhorar o envolvente de negócios da cidade para que ela possa se desenvolver e ocupar o lugar que merece na economia mineira e na economia vernáculo”.

A secretária de Sustentabilidade em Meio Envolvente e Atividades Urbanas (Sesmaur), Aline Junqueira, destacou a influência do projeto para a Governo municipal. “Nascente é mais um importante passo na dinamização dos serviços administrativos municipais, dessa vez tendo porquê cândido a política de desburocratização e incentivo aos empreendedores de Juiz de Fora”.

O teor continua posteriormente o proclamação

Serviços

Na Sala do Empreendedor, microempreendedores individuais (MEIs) e Médias Empresas e Empresas de Pequeno Porte (EPP) contarão com informações sobre o processo de registro, licenciamento municipal, emissão de guias de recolhimento de taxas municipais, processo de modificação e baixa e orientação para participação em processos de compras públicas municipais.

Os serviços oferecidos incluem consulta de viabilidade; formalização, modificação e baixa para MEI; emissão do Certificado da Quesito de Microempreendedor Individual (CCMEI); elaboração e envio da Enunciação Anual do Simples Vernáculo (DASN SIMEI); e procedimentos para o licenciamento municipal de MEI, ME, EPP e demais empresas. O espaço contará com programações regulares de capacitação para os empreendedores.

“A Sala do Empreendedor é um proveito histórico para o município, pois aproxima o Poder Público dos empreendedores, que são a principal potência em geração de trabalho e renda no Brasil. Procura a simplificação de processos para a preâmbulo de empresas e melhoria ordenado no envolvente de negócios em Juiz de Fora, para promover o desenvolvimento sustentável e competitivo”, afirmou Diego Farnezi, coordenador da Sala do Empreendedor.

O espaço físico da “Sala do Empreendedor” funcionará no térreo do Paço Municipal, localizado no Parque Halfeld, das 13h às 17h30. Devido às restrições impostas pela pandemia da Covid-19, o atendimento deverá ser agendado por meio dos telefones 2104-8166 e 98439-1918.

Links Patrocinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui