Jornalista lança biografia não autorizada de Mac Miller

0
54
Links Patrocinados


O jornalista Paul Cantor, responsável pela biografia não autorizada de Mac Miller, “Most Dope: The Extraordinary Life of Mac Miller”, está se defendendo contra as alegações da família do falecido cantor de que ele está sendo um ‘explorador’. 


Cantor disse ao jornal New York Post que sempre foi honesto com suas reportagens e sua credibilidade é indiscutível: 


“Sou um jornalista com quase vinte anos de experiência, tendo sido justo e honesto em minhas reportagens, desde as maiores celebridades às pessoas nos menores cantos da vida cotidiana. Minha credibilidade é irrefutável e considero as reivindicações de sua família levianas. É uma pena que eles se sintam assim. ”, criticou. 


O jornalista veterano, que ostenta reportagens importantes em publicações porquê Rolling Stone e Billboard, acrescentou que a enunciação da família de Miller é incorreta. 


Karen Meyers, mãe do rapper, criticou Paul Cantor, dizendo que o livro ‘foi escrito por um noticiarista com quem Malcolm não teve um relacionamento’. 


“Eles foram informados sobre o livro desde o início com as melhores intenções e optaram por não participar – o que eu respeitei. Levante livro foi abordado com paixão e carinho. E os amigos de [Miller] e outras pessoas próximas a ele, muito porquê várias pessoas na indústria da música, falaram comigo de boa vontade. Passei por incontáveis ​​horas de longas entrevistas, muitas delas emocionantes e reveladoras.” 


Os administradores de Mac Miller assegurou ainda em um enviado que essa biografia não autorizada está em conflito com o lançamento de outro livro bravo pela família, chamado “The Book of Mac: Remembering Mac Miller”, que será lançado em 26 de outubro de 2021. 


A biografia de Cantor está programada para ser lançada em 18 de janeiro de 2022 – um dia antes do que seria o 30º natalício de Miller, mas os interessados já podem fazer a pré-compra. 


A família do cantor concluiu sua enunciação dizendo aos fãs: “Pedimos àqueles que desejam concordar Malcolm e seu legado que se abstenham de comprar oriente novo livro”. 


Álbum póstumo


No ano pretérito, os familiares de Mac Miller decidiram lançar Circles, álbum póstumo do famoso artista internacional. O rapper estava finalizando tal projeto, o sexto de sua curso, quando morreu, ainda em setembro de 2018, vítima de overdose. 


Mesmo ainda enfrentando o luto, a família do artista internacional decidiu finalizar tal álbum de Mac e divulga-lo para os fãs. 


“Levante é um processo complicado que não tem uma resposta certa. Nenhum caminho simples. Nós só sabemos que era importante para o Malcolm que o mundo ouvisse”, chegaram a declarar alguns familiares do famoso rapper, por meio das redes sociais, sobre tal novidade. 


Circles, aliás, é um tipo de complemento de Swimming, álbum lançado por ele, ainda em 2018, e foi finalizado por Jon Briobn, produtor com quem Mac estava trabalhando, antes de morrer.

Links Patrocinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui