Joana Bentes lança ‘A pingo do mar contém o oceano inteiro’

0
27

Quéli Unfer

A cantora e compositora capixaba Joana Bentes apresenta seu primeiro álbum pleno, disponível nas plataformas digitais de música. A pingo do mar contém o oceano inteiro, lançado de forma independente, com produção da própria artista, reúne oito faixas, sendo seis autorais e duas versões, de Pra ver a voz, de Flávio Triz, e Preciso aprender a só ser, de Gilberto Gil, que havia sido lançada semanas detrás, assim uma vez que a autoral Kintsugi. Um belo trabalho que vale a pena ouvir e sentir! 

Os melhores discos capixabas de 2020 

Falando em discos, o site Inferno Santo, que se dedica à cultura opção capixaba, sobretudo à música, divulgou uma lista do que considera os 27 melhores álbuns ou EPs lançados no Espírito Santo em 2020, um ano tão atípico para a cultura e tantos outros setores. O site selecionou trabalhos “que vão do rap ao folk, da MPB ao metal e da podreira ao luxo. Música para todos os gostos”. Confira cá.

Escadaria homenageia início do samba 

A Escadaria da Piedade, no Meio de Vitória, ganhou novas cores essa semana, num belo trabalho que trouxe as memórias sobre o morro que é o início do samba capixaba, sendo sítio de instauração da primeira escola de samba do Espírito Santo, a Unidos da Piedade, em 1955. A realização foi da Moradia 7, mansão de shows localizada na Rua Sete de Setembro, onde a escadaria tem início. A concepção artística foi da talentosa artista Kika Roble.

Secult prorroga prazo para letreiro em editais

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) prorrogou até o dia 10 de fevereiro o prazo final para letreiro nos editais para projetos culturais que queiram receber base do Fundo Estadual de Cultura (Funcultura). Neste ano foram lançados 26 editais em diversas áreas de arte e cultura, que totalizam R$ 10,3 milhões. As informações sobre cada edital está disponível cá.

Recursos estaduais da Lei Aldir Blanc ainda não foram liberados

Os recursos estaduais da Lei Aldir Blanc serão liberados somente na primeira quinzena de fevereiro. A informação inicial era de que o pagamento seria iniciado em meados de janeiro. O problema é que na letra da lei, os projetos contemplados precisariam ser concluídos até o final de março de 2021, um prazo já curtíssimo que fica ainda mais reduzido, já que eles não podem ser iniciados antes da liberação do recurso. Porém, existe uma pressão para que o governo federalista amplie o prazo de realização dos projetos contemplados para o final do ano. O secretário de Cultura do Espírito Santo, Fabrício Noronha foi um dos que participou de reunião nesta semana com o Ministério do Turismo para tratar da provável prorrogação desses prazos.

Enquanto isso na Ancine… 

Na Dependência Pátrio de Cinema (Ancine), são 21 projetos do Espírito Santo e muitos mais de outros estados que foram aprovados pelo Fundo Setorial de Audiovisual nos editais de 2019 e ainda não receberam recursos. Nem há qualquer previsão sobre o tema. Os projetos capixabas somam R$ 9,5 milhões para o setor, fortemente afetado pelas paralisações de atividades no ano pretérito diante da Covid-19.

Sesc Glória deve reabrir em fevereiro

Segundo apuração do jornal A Jornal, o Meio Cultural Sesc Glória vai voltar a funcionar em fevereiro no Meio de Vitória. O sítio estará desobstruído de quarta a sexta-feira, de 10h às 18h, e eventualmente aos sábados, com funcionamento da livraria, cinema e exposições e realização de cursos em diversas áreas da cultura. Em maio do ano pretérito, o Sesc Glória demitiu quase toda sua equipe de profissionais da cultura. A notícia da reabertura é boa, mas as dúvidas sobre qual será a política cultural do espaço nessa novidade período ainda seguem.

PMV

Campanha para iniciar núcleo cultural em Grave Guandu 

A Associação Cultural Cadoz, de Grave Guandu, no centro-este do Espírito Santo, começou uma campanha de financiamento coletivo para a geração do Meio de Artes Integradas (Cecarti), um espaço para contribuir com a circulação da arte e encontros no pós-pandemia. A meta é recolher R$ 42 milénio reais para tapar o aluguel do espaço para acoitar oficinas e atividades em diferentes linguagens uma vez que música, teatro, dança, cinema e outros. Para cada doação há uma contrapartida. A campanha está no site Benfeitoria e a expectativa é de inaugurar o espaço em abril. 

Divulgação

Coletivo de Guarapari seleciona artistas e profissionais da cultura 

O Sinestesia, coletivo cultural de Guarapari, abriu uma seleção buscando profissionais ligados ao mundo artístico e com experiência nas seguintes áreas: Marketing, Publicidade, Retrato e Vídeo, Contabilidade, Governo, Recta, Captação de Recursos, Comunidades Tradicionais, Escrita de Projetos. Ou por outra, o Sinestesia fez um chamado para seleção de 10 jovens artistas residentes em comunidades periféricas do município para receberem um prêmio. As inscrições são por formulário online.  O grupo prepara também a inauguração de um espaço cultural independente fora do eixo da capital capixaba, a Moradia Sinestésica.

Exposição ‘AR’ segue até fevereiro na Galeria OÁ

Porquê já noticiamos, a galeria OÁ está com novidade sede na Avenida César Hilal, em Vitória, tendo atualmente a exposição AR, que reúne 11 artistas do Espírito Santo, de outros estados e do Reino Unificado. Ao todo são 30 obras, tendo uma vez que autores Aline Mulato (SP), Anna Helena Cazzani (RJ) , Bel Barcellos (RJ), Bruno Zorzal (ES), Caroline Veilson (RS), Edgar Racy (UK), Fredone Fone (ES), Maurício Parra (SP), Raquel Garbelotti (SP), Renato Leal (SP), Rick Rodrigues (ES). A exposição segue até o dia 23 de fevereiro, de segunda a sexta-feira, de 10h às 19h. Para visitar é preciso fazer agendamento prévio e seguir as normas sanitárias, uma vez que o uso obrigatório de máscara. O contato é pelo email [email protected] ou pelo telefone (27) 3094-1177 ou (27) 99944-5001.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui