Instalação lança podcast para debater temas relacionados à ensino

0
51

Uma novidade série de podcasts lançada pela Instalação Telefônica Vivo propõe discutir temas relevantes sobre ensino. O projeto tem parceria também com o Estúdio Folha, da Folha de S. Paulo.

“Educando para Transformar”, o nome do podcast, possui até logo seis episódios. Todos trazem debates necessários para enxergar os problemas vivenciados na espaço da ensino brasileira. Cada um tem porquê protagonista um agente principal do segmento: professores, pais, estudantes, comunidade, etc.

Os episódios estão sendo disponibilizados no Spotfy. E o primeiro, já no ar, apresenta a seguinte abordagem: “Da sala de lição, pra sala de lar: a parceria entre pais e educadores”. Fala sobretudo sobre a parceria que deve ter entre os pais e a escola.

A jornalista Marta Avancini é a mediadora das conversas, que receberá convidados em cada capítulo para tratar os temas em questão. No primeiro incidente especificamente há a participação da professora Sônia dos Santos Porto, da rede municipal de Guarapari, cidade do Espírito Santo; Roberta Bento e Taís Bento, mãe e filha e atuam porquê educadoras e orientadoras de famílias na relação com a escola, além de André Luís Correia, educador e idealizador do projeto Instrução Contagiante.

Segundo incidente do podcast aborda desafios dos professores

O segundo incidente, lançado na última quinta-feira, 21, tem o título “Profissão Professor”. Ou seja, discute as hipóteses de alguém escolher se tornar professor no Brasil, mesmo diante de todas as dificuldades.

Traz também vantagens e desvantagens, assim porquê os obstáculos principais vivenciados pelos educadores no país.

O debate conta com a participação dos professores Gina Vieira Ponte, de Brasília, Giovani José da Silva, do Amapá, e Samara Machado, uma das educadoras responsáveis pelo projeto “As Minas da Redação”.

Toda semana haverá um novo incidente. Os próximos tratarão os seguintes temas: “Relação educador e aluno: Despertando sonhos, descobrindo as múltiplas inteligências de cada sujeito”; “A escola estimulando o protagonismo do jovem”; “O poder da ensino na transformação das comunidades”; e “Voluntariado na escola”.

A escolha da linguagem em podcasts deve-se, principalmente à conveniência e à liberdade de consumo. A Instalação Telefônica Vivo já trabalhou com nascente formato em outros projetos e a aderência é principalmente significativa pela facilidade de ouvir os áudios por dispositivos móveis, em movimento, online ou offline. Aliás, os podcasts são nascente de informação de fácil assimilação e, por isso, os ouvintes se sentem mais conectados em seguida ouvirem as discussões, principalmente devido ao melhor aproveitamento do tempo.

O projeto foi idealizado em parceria com o Estúdio Folha, da Folha de S. Paulo, curadoria da Instalação Telefônica Vivo e projecto de mídia coordenado pela dependência África.

Clique cá para ir à página do podcast da Instalação Telefônica Vivo.

Leia outra notícia semelhante: Estudante lança podcast com dicas para a redação do Enem

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui