Governo disponibiliza mais de R$ 74 milhões para pagamentos do Garantia-Safra | Agronegócios

0
5

O Ministério da Cultivação liberou mais de R$ 74.992.100,00 milhões para pagamento do Garantia-Safra a 88.226 agricultores familiares, segundo portaria publicada no Quotidiano Solene da União nesta quinta-feira (11).

O programa procura amparar famílias que tenham sofrido perdas na lavoura por pretexto de estiagem ou enchente.

Foram beneficiados agricultores de 142 municípios dos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Sergipe, que vão receber uma parcela de R$ 850,00. Normalmente são pagas 5 parcelas de R$ 170,00, mas, por pretexto da pandemia da covid-19, elas foram unificadas.

  • Entenda o que é a cultura familiar
  • Novidade geração da cultura familiar encara dificuldades para continuar missão dos pais

Em janeiro, o governo já tinha liberado R$ 168 milhões do Garantia-Safra 2019/2020, que contemplaram 197 milénio agricultores familiares residentes em Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí.

No ciclo de 2018/2019 foram pagos no totalidade R$ 361 milhões a 425.404 agricultores. O número representa uma queda de 18,7% em relação à safra 2017/2018, quando foram liberados R$ 444 milhões, à 522.425 produtores.

Quem pode receber o Garantia-Safra?

Podem receber o mercê os agricultores que tenham uma renda mensal de até 1 salário mínimo e meio, quando sofrerem perdas de produção em seus municípios igual ou superior a 50%.

O pagamento do programa é realizado obedecendo o calendário de pagamentos dos demais benefícios sociais.

Mercê bloqueado, e agora?

Em caso do mercê safra bloqueado, o lavrador deve acessar o seu perfil no Sistema de Gerenciamento do Garantia-Safra, clicando cá, e verificar a pretexto do bloqueio através da notificação disponível no perfil.

O lavrador terá até 30 dias, depois essa quinta-feira (11), para se recorrer ao bloqueio do mercê.

VÍDEOS: Tudo sobre agronegócios

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui