Governo de Pernambuco autoriza retomada gradual das aulas presenciais

0
63

O governo de Pernambuco anunciou a retomada das aulas presenciais no Estado a partir da próxima segunda-feira (5). De contrato com o enviado, esse retorno ocorrerá primeiramente nas escolas da rede pessoal de ensino infantil e fundamental.

No caso das séries do fundamental, a volta valerá para as turmas do 1º ao 5º ano. Lembrando que as faculdades também receberam autorização para funcionar nessa mesma data.

Já quem estuda nos anos finais do ensino fundamental – do 6º ao 9º ano – e no ensino médio de escolas privadas terão a opção de voltar às aulas presenciais a partir do dia 12.

Quanto às escolas da rede estadual de Pernambuco, firmou-se o dia 19 para sobrevir a retomada das atividades pedagógicas presenciais. Poderão retornar os estudantes do 3º ano do ensino médio, da ensino infantil e dos anos iniciais do ensino fundamental.

O calendário do Estado também aponta que no dia 26 os alunos do 2º ano do ensino médio e dos anos finais do fundamental voltarão, e no dia 3 de maio, os alunos do 7º e 6º anos e do 1º ano do ensino médio.

Pandemia em Pernambuco

A flexibilização nas medidas de prevenção contra o coronavírus não acontece em Pernambuco somente na ensino. O funcionamento de várias atividades, uma vez que o transacção e feiras de confecção também entrou nesse escopo. A saber, o denominado Projecto de Convívio, com normas para a região metropolitana do Recife, entrou em vigor no último dia 1.

Os horários de funcionamento por atividade econômica estabelecidos pelo Decreto 50.485 podem ser consultados na internet.

Em mensagem no Twitter, o governador Paulo Câmara afirmou que os 14 dias de quarentena em todo o estado ajudaram a diminuir o número de casos de coronavírus. para desacelerar a disseminação do novo coronavírus, embora a covid-19 ainda seja uma prenúncio que exige que a população continue adotando as medidas recomendadas pelas autoridades sanitárias, uma vez que usar máscara, evitar aglomerações e higienizar mãos e objetos regularmente.

Ontem, durante o proclamação de flexibilização da quarentena, o secretário estadual de Saúde, André Longo, observou que, apesar de ter-se reduzido o ritmo de progressão da doença em Pernambuco, a situação ainda é preocupante.

E logo, o que achou da notícia?

Não deixe de ler também – Pesquisadora alerta que não é seguro retomar aulas presenciais no Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui