Governo confirma ajuda de R$ 450 milhões para cidades atingidas por chuvas – Politica

0
3
Carangola foi uma das cidades mineiras castigadas pelas chuvas (foto: Michel Barros/Divulgação)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) assinou, na noite desta segunda-feira (22/02), uma medida provisória que garante ajuda de R$ 450 milhões para cidades atingidas por chuvas. Mais cedo, o presidente do Senado Federalista, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) já havia avançado que um socorro estava sendo prestes para facilitar municípios castigados por temporais.

“Há uma percepção do governo federalista de que precisa agir, abrindo crédito inédito que provavelmente virá por uma medida provisória (MP), para fazer o socorro necessário aos municípios atingidos pelas chuvas”, disse, mais cedo, em entrevista coletiva.

Em Minas Gerais, várias cidades foram assoladas pelas chuvas. Em Santa Maria de Itabira, na Região Medial do estado, há mais de 160 desabrigados. Morreram no sinistro uma párvulo de 5 anos, um pai e suas duas filhas, um varão de 36 anos e uma mulher de 49 anos. A cidade perdeu, ainda, doses de vacinas contra COVID-19.

Carangola, na Zona da Mata, também sofre com os prejuízos da chuva, que atinge a cidade desde a madrugada de sexta-feira (19/02), quando o volume de precipitação registrado ficou entre 50mm e 100mm, quantidade esperada em todo o mês de fevereiro. 

No sábado (20/02), de entendimento com o Corpo de Bombeiros, foram realizados 42 salvamentos de pessoas que estavam ilhadas em situação de risco, duas pessoas com princípio de afogamento – vítimas apresentaram tosse devido ter ingerido chuva em grande quantidade – e quatro pessoas em situação de risco iminente de desabamento de instituição em lugar de difícil aproximação.

Nesta segunda-feira, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), esteve em Carangola e acompanhou pessoalmente as operações do Corpo de Bombeiros e da Resguardo Social. Zema prestou solidariedade às vítimas e afirmou que o governo vai oferecer recursos para a reconstrução do que foi perdido. 

“Lamento estar cá numa situação não muito aprazível, mas, felizmente, não tivemos vítimas. Estamos agora acompanhando o que é necessário para reconstruírmos a cidade. O estado vai dar totalidade espeque ao município”, declarou o governador.

Atingidos em MG podem solicitar isenção de tarifas

Em janeiro, o presidente da Tertúlia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Agostinho Patrus (PV), promulgou lei que garante isenção temporária de chuva, luz e esgoto aos atingidos por enchentes.

O mecanismo beneficia consumidores residenciais, comerciais e industriais. Para ter aproximação ao favor, é preciso se cadastrar na Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e na Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). O mesmo vale para a Copasa Serviços de Saneamento Integrado do Setentrião e Nordeste de Minas Gerais (Copanor), subsidiária dos serviços hídricos em segmento do estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui