Goldman’s Sachs se entrega à voga e passa a fazer operações com Bitcoin

0
82

Uma manancial anônima contou à Reuters que a Goldman’s Sachs reiniciou a sua mesa de operações em criptomoedas. Agora, a operadora financeira passará a negociar contratos futuros e outros derivativos de bitcoin para clientes na próxima semana.

Essa mudança vem de um movimento global da Goldman’s para o propagação da empresa no setor de criptoativos. Ou por outra, a instituição pretende se envolver em projetos de tecnologia de blockchain e moedas digitais.

Valorização

Esse movimento acontece em meio a uma valorização do bitcoin, que já teve seu valor aumentado em 470% ao longo do ano pretérito. Uma das vantagens apontadas na criptomoeda é a blindagem contra a inflação, tendo em vista que governos e bancos centrais têm emitido cada vez mais moeda e estímulos por culpa da pandemia de coronavírus.

[leia_mais]

Entretanto, essa grande valorização não esconde o vestimenta do bitcoin ainda ser muito volátil. A semana passada foi um grande exemplo disso, quando a criptomoeda atingiu US$ 58 milénio no dia 21 de fevereiro mas caiu quase 25% no percurso dos dias e já está em movimento de recuperação. 

Hoje o bitcoin voltou ao patamar de US$ 50 milénio posteriormente fechar a semana passada inferior desse valor. A criptomoeda é negociada com valorização de 4,05%, cotada a US$ 51.008.

Bons negócios

Para não serem pegos nas altas e baixas do bitcoin, os contratos futuros da criptomoeda são atrativos para investidores que querem reduzir os riscos no longo prazo. 

O investimento em ativos derivados de criptomoedas tem atraído as instituições mais tradicionais. Com desenvolvimento de softwares mais sofisticados, diversas empresas porquê a Fidelity, Intercontinental Exchange e CME Group passaram a oferecer produtos e serviços em criptoativos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui