Foreo Bear com tecnologia de microcorrente inteligente chega ao Brasil

0
86
Links Patrocinados

Nesta segunda-feira (21), um novo aparelho de skin care referto de tecnologia desembarcou no Brasil: o Foreo Bear. Lançado no mercado internacional em 2020, o dispositivo elétrico usa microcorrente de baixa voltagem para estimular e tonificar a pele.

O gadget também conta com as T-Sonic, uma tecnologia de pulsações sônica patenteada da Foreo que está presente em todos os dispositivos da marca e ajuda a massagear a face. Outrossim, o Bear é o único aparelho que possui o Anti-Shock System, um sistema integrado que garante tratamentos em morada sem o risco de choques, uma vez que usa sensores para medir a resistência da pele à eletricidade em tempo real e ajustar a intensidade.

Em suma, o Foreo Bear combina todas essas tecnologias para aumentar o metabolismo celular, açodar o processo de reparação tecidual e reduzir os pontos de maior tensão muscular do rosto, suavizando a semblante de linhas, por exemplo.

Uma vez que usar o Foreo Bear?

A Foreo recomenda que o Bear seja utilizado cinco vezes por semana, uma vez por dia (de manhã ou à noite), em tratamentos com a duração de um a três minutos. Depois de 60 dias, a operário diz que basta utilizá-lo entre duas e três vezes por semana para manter os resultados.

  • Faça o download do app FOREO For You, ative o Bluetooth e sincronize o dispositivo com o app;
  • Limpe o rosto com um sabonete facial e, se desejar, use as escovas de limpeza Foreo Luna;
  • Aplique uma classe fina de um sérum condutor a base de chuva e massageie até ser absorvido completamente;
  • Selecione a sua rotina pré-definida e a intensidade da microcorrente por meio do aplicativo ou manualmente com o botão que fica no corpo do aparelho;
  • Deslize o Foreo Bear nas áreas desejadas, incluindo queixo, bochechas, pescoço e testa. O dispositivo irá desligar maquinalmente quando a rotina terminar;
  • Continue com a sua rotina de cuidados da pele habitual.

Uma vez que funcionam as microcorrentes?

A eletroestimulação de baixa intensidade imita as correntes elétricas produzidas naturalmente pelo corpo humano a nível celular. Mais conhecida na fisioterapia, a microcorrente é usada para melhorar a flacidez muscular.

No mundo da dermatologia, sua capacidade de estimular o realinhamento das fibras colágenas e potencializar a circulação linfática permitem tratamentos para linhas de frase e até pós-operatório cicatricial.

O resultado dos “choques”, vindos de duas esferas metálicas que parecem orelhas do Foreo Bear, é uma pele com paisagem mais saudável e músculos faciais tonificados, ajudando a dar uma semblante mais firme ao rosto.

Foreo Bear

Contraindicação

A operário não recomenda o uso do Foreo Bear nos seguintes casos:

  • pessoas com implantes dentários metalizados, ou restaurações a base de fusão;
  • pessoas que passaram por cirurgias cosméticas faciais no último ano e em grávidas;
  • com piercings ou brincos no rosto durante a utilização do aparelho;
  • pessoas com placas de metal no rosto, marca-passos ou quadro de convulsões ou epilepsia não podem utilizar o aparelho.

Preço e disponibilidade

O novo dispositivo da Foreo está disponível em duas versões:

  • Bear: R$ 1999
  • Bear mini: R$ 1299

A principal diferença entre elas é que versão tradicional traz cinco intensidades de microcorrente, enquanto o mini tem somente três. Ambos podem ser conectados via Bluetooth ao aplicativo Foreo for You e estarão disponíveis na loja online da Sephora no final de junho

Links Patrocinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui