FBI prende suspeito de tentar explodir médio de empresa de tecnologia

0
71

EUA – O FBI, polícia federalista dos EUA, prendeu um varão que é suspeito de planejar colocar uma explosivo em um data center (núcleo de processamento de dados) da Amazon. Segundo o órgão, o varão confessou ser uma das pessoas envolvidas na invasão ao Capitólio, no último dia 6 de janeiro.

Posteriormente investigações, as autoridades descobriram que o varão tinha planos de detonar uma explosivo no data center da Amazon . (Foto: Divulgação/Pixabay

De consonância com o site Futurism, o suspeito foi identificado porquê Seth Aron Pendley, de 28 anos, e foi levado sob custódia na última quinta-feira (8) sob querela de comprar suprimentos para fazer explosivos. Para isso, o varão teria ingressão em contato com um suposto traficante de explosivos que, na verdade, era um agente do FBI embuçado.

Segundo o Futurism, após investigações, as autoridades descobriram que Pendley tinha planos de detonar uma explosivo no data center da Amazon Web Services, na cidade de Ashburn, no estado da Vigínia. Além de planejar levante ataque, o rapaz também teria feito postagens em que se orgulhava estar presente nos ataques do início do ano, mesmo sem ter entrado no prédio.

Seth Pendley passou a ser investigado em seguida publicar em um fórum online denominado porquê “My Militia” que gostaria de “conduzir um pequeno experimento” que, segundo ele, esperava resultar em morte. A postagem foi vista por um usuário anônimo, que ainda não se sabe se era ou não um infiltrado, que comunicou a polícia sobre o potencial ataque.

“Estamos em dívida com o cidadão preocupado que se apresentou para relatar a alarmante retórica online do réu”, declarou o procurador em manobra dos Estados Unidos, Prerak Shah, em um enviado à prensa. “Ao sinalizar seus postos para o FBI, esse sujeito pode ter salvado a vida de vários técnicos”, completou Shah.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui