Estado do Rio de Janeiro suspende aulas presenciais

0
112

O Estado do Rio de Janeiro suspendeu as aulas presenciais das escolas estaduais. No momento atual, as instituições estão permitidas a transfixar para exprimir documentos, entrega de material didático e kit alimento. Outrossim, podem fazer matrículas.

De consonância com o governo, as aulas seguirão remotas para todos os alunos da rede estadual. Demais, escolas particulares que têm vínculo com o sistema estadual de ensino do Rio de Janeiro têm a autorização para funcionar com até 50% da capacidade de cada unidade. Entretanto, deve-se seguir as regras municipais quanto à situação epidemiológica.

A saber, essas novas diretrizes não são válidas para as escolas da prefeitura.

Continuam autorizadas as práticas de esportes individuais ao ar livre e de atividades esportivas de cimalha rendimento, mas sem público e respeitando os protocolos.

Leia também – Prefeitura do Rio de Janeiro autoriza reabertura das escolas a partir da segunda-feira (5)

Restrições em atividades no Rio de Janeiro

De consonância com o decreto emitido pelo governo do estado do Rio de Janeiro, as atividades de casas de shows e festas, parques de diversão e boates e a realização de eventos e festas continuam permanentemente suspensas.

Já no caso de bares, restaurantes e lanchonetes a preâmbulo pode ocorrer com até 40% da capacidade de lotação. Entretanto, só podem consumir bebidas alcoólicas aqueles clientes que estiverem sentados, desde que as mesas tenham entre si distanciamento mínimo de 1,5 metro e acomodem até 4 pessoas por mesa.

Shoppings centers e centros comerciais podem transfixar até o limite de 40% de sua capacidade totalidade. Isso inclui o estacionamento. Nas ruas do Estado, O transacção de rua e galerias também poderão funcionar, assim porquê salões de venustidade e barbearias. Os ambulantes legalizados também poderão trabalhar.

Quanto aos hotéis e pousadas, há regras estabelecidas pelo programa Rio de Janeiro Turismo Consciente que precisam ser seguidas. Uma delas é que nas áreas comuns só poderão ter 40% da capacidade máxima. As atividades de organizações religiosas podem ocorrer com distanciamento social de 1,5 metro entre as pessoas e mantendo todas as áreas ventiladas.

No caso de conflitos, vão prevalecer as regras estipuladas pelos municípios, que estão autorizados a promover barreiras sanitárias nas rodovias estaduais, caso achem necessário.

E portanto, qual sua opinião sobre esta notícia?

Não deixe de ler também – SP: Prefeito ressalta que ensino é importante, mas Vigilância Sanitária que definirá o retorno

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui