‘Espero oportunidades’ · Notícias da TV

0
31

Tati Machado virou um curinga no Entretenimento da Orbe. Atualmente, a repórter comenta sobre BBB21 e celebridades no Se Joga, no É de Morada e no Encontro com Fátima Bernardes. Com destaque na programação da emissora, ela sonha em apresentar um programa próprio qualquer dia. “Eu senhoril o que faço e espero que no porvir pintem oportunidades tão grandiosas porquê as que estou vivendo”, diz em entrevista ao Notícias da TV.

“No estilo clichê, eu digo que me encontrei nessa profissão. Uma vez que diz a Kelly Key, eu sempre quis ser famosa, ser uma grande artista, gravar mercantil e ser cobertura de revista”, brinca a jornalista de 28 anos, citando a música Chic, Chic.

Tati entrou na Orbe porquê estagiária do Gshow em 2013. De lá pra cá, ela já esteve em boletins sobre o Big Brother Brasil nas redes sociais em 2017 e 2018. Também apresentou um programa sobre Malhação – Viva a Diferença (2017) no site do Grupo Orbe e no Globoplay. Virou editora de teor web e passou a produzir material restrito para as plataformas digitais, além de ocultar eventos da emissora.

A repórter começou a romper mais na TV com a estreia do Se Joga em 2019. Ela ficou responsável pelo Boletim Gshow, no qual mostrava bastidores das produções da Orbe e comentava a vida dos famosos. Com a pausa do vespertino por conta da pandemia da Covid-19 no ano pretérito, passou a trenar a mesma função remotamente no É de Morada e no Encontro.

Agora, com a volta da atração de Fernanda Gentil –só que aos sábados–, Tati acumula participações nos três programas durante a semana. “Eu estou adorando! Quando falam que ‘a Tati Machado está em todos os programas da Orbe’, brinco que ainda falta o Mais Você, o Domingão, o Caldeirão, o Altas Horas e tantos outros”, se diverte ela.

Quem trabalha mais?

A onipresença na emissora já virou até uma “disputa” nos bastidores. “Batendo minha meta pessoal e habitando tantos programas quanto o Tiago Leifert”, escreveu ela em uma publicação no Instagram, acompanhada da hashtag #SeráQueTemMais?.

“Isso começou em um papo meu com ele [Leifert] nos bastidores da Comic Con Experience, de 2019, e virou uma piada interna entre meus amigos. Ele já me conhecia porque eu integrava o time de apresentadores da #RedeBBB há alguns anos e, na estação, já estava no ar com o Se Joga”, explica a jornalista.

“Ele foi apresentar o tela sobre o Zero Um no estande do Globoplay, e eu, [fui] para mediar alguns outros. Quando nos encontramos, ele brincou que eu estava trabalhando muito e que ia permanecer que nem ele. Ele mal sabia que depois de pouco mais de um ano eu estaria –agora de verdade– ‘habitando’ tantos programas. Meta batida, check!”, solta Tati.

Retorno do público

Com tanto destaque na programação da líder de audiência, a repórter já começa a colher os “frutos da glória”. “A primeira vez que me reconheceram mesmo foi no Rio de Janeiro. Eu não sabia onde colocar a minha cabeça”, entrega a jovem.

“Pra falar a verdade, eu nunca achei que fosse permanecer tímida por alguma coisa na vida, sempre fui mais rosto de pau. Cheguei no trabalho contando pra todo mundo, liguei pra minha mãe, foi inolvidável”, conta ela.

Tati também usa seus perfis na web para se aproximar do público que a acompanha na TV. “Nas minhas redes sociais, tento sempre manter o via de notícia desobstruído, enfim, além de os fãs serem um termômetro para o que faço, eu devo minha carteira assinada a eles (risos)”, afirma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui