Espanha realiza show para 5 milénio sem caso de infecção por Covid-19

0
18

Evento teste foi considerado um sucesso. Veja outros países que já estão voltando com os shows presenciais.

Notícia muito boa! Um show para mais de 5 milénio pessoas na cidade de Barcelona, Espanha, não registrou nenhum caso de transmissão do novo coronavírus. As informações foram divulgadas nessa terça-feira (27) pelos organizadores do evento. Na apresentação, que aconteceu no dia 27 de março, nenhum dos espectadores precisou respeitar o distanciamento social, porém tiveram que permanecer de máscara o tempo inteiro. 

O show da filarmónica Love Of Lesbian foi uma iniciativa do Festivals per la Cultura Segura, um grupo de produtores de shows na Espanha que estão tentando encontrar maneiras de fazer com que os eventos presenciais de grande porte possam voltar no país. O evento contou com o pedestal do hospital Germans Trias I Pujol e, de consonância, com os organizadores, foi um sucesso.

Foto: Albert Gea/Reuters

Para que o show acontecesse, diversas normas de segurança tiveram que ser respeitadas. Além da distribuição de máscaras do tipo PFF2 pelos organizadores do eventos, todos os participantes tiveram que fazer um teste de antígenos antes de entrar no sítio. Exclusivamente os que resultaram negativo tiveram permissão para seguir o show.

De consonância com Josep Maria Llibre, médico do hospital Germans Trias, “não há evidências de que houve transmissão durante o evento”. Llibre explicou que, em seguida 14 dias do evento, somente seis pessoas testaram positivo para o novo coronavírus, sendo que quatro delas não adquiriram o vírus durante o show, segundo os organizadores. “Com ventilação otimizada, triagem de antígenos e uso de máscara, é provável prometer um espaço seguro”, declarou o médico. 

Com relação aos outros dois infectados, o infectologista Boris Revollo disse, à sucursal de notícias AFP, que há uma chance “altíssima” de eles não terem contraído o vírus no dia da apresentação. “Pode-se expressar que não houve uma ‘super transmissão’ durante o evento”, disse. 

Além da Espanha, pelo menos outros quatro países já estão voltando com shows presenciais

No início do ano, em menor graduação do que na Espanha, a Holanda já vinha testando formas de retomar com os shows presenciais. Ao todo, oito eventos conhecidos uma vez que #backtolife foram liberados pelo governo holandês. Em um deles, 1.300 pessoas se reuniram na estádio Ziggo Dome, em Amesterdã. Apesar de 20% das pessoas não terem retornado para fazer o teste depois dos eventos, nenhum caso de transmissão do vírus foi divulgado.

Já a Novidade Zelândia realizou, no último sábado, um evento para mais de 50 milénio pessoas no Eden Park, maior estádio do país, sem nenhum tipo de restrição. Tudo muito que o país é um caso a secção do resto do mundo. Com um governo que serviu de exemplo e aplicou, desde o início, as normas de isolamento social, a Novidade Zelândia, hoje, consegue realizar eventos de grande porte normalmente. 

Assim uma vez que a Novidade Zelândia, a Austrália também acreditou na ciência e aplicou um rígido lockdown. Hoje, o país controlou a doença e já realiza grandes eventos sem a premência de máscaras ou distanciamento social. No dia 20 de março, a filarmónica Midnight Oil realizou um show para mais de 13 milénio pessoas na cidade de Geelong. Em 2021, o país somente registrou uma morte pela doença. 

Celebridades já voltam a se apinhar nos EUA

Com a vacinação muito avançada nos EUA, diversas celebridades já estão voltando a se apinhar em casas de show. No sábado retrasado (17), a boate LIV, uma das mais famosas dos EUA, reabriu com a presença VIP de várias celebridades. Sem a premência de máscara, uma povaréu se juntou para dançar ao som do DJ Alesso. A noite contou com a presença de nomes uma vez que Anitta, Kim Kardashian, Maluma, Bad Bunny, Becky G, Lele Pons, Vanessa Hudgens e Pharrel

Ou por outra, por lá, diversos artistas já estão planejando suas turnês para o pós-pandemia. Com previsão de ter toda a população adulta vacinada até final de maio, vários artistas já anunciaram datas de shows. Machine Gun Kelly, por exemplo, já disponibilizou a venda de ingressos para a Tickets to My Downfall Tour, que começa a partir de junho deste ano. Além dele, Bad Bunny, que já esgotou todos os ingressos para “El Último Tour Del Mundo”, também começa seus shows em junho.

Leia também: Bad Bunny esgota ingressos para turnê nos EUA e supera Beyoncé e Jay-Z


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui