Douglas Sampaio é inocentado em caso de agressão contra Rayanne Morais · Notícias da TV

0
46
Links Patrocinados

Cinco anos depois de ser denunciado de agressão, Douglas Sampaio foi inocentado no processo que se formou depois suposta violência doméstica contra Rayanne Morais. Em 27 de maio último, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro absolveu o vencedor de A Herdade 8, da Record, por falta de provas.

Em 2017, o Ministério Público do Rio de Janeiro acatou denúncia contra Sampaio por suposta ameaço, perturbação e violência. O Notícias da TV teve entrada aos autos em que são detalhados os fatos.

Na ação, Rayanne alegou que em dezembro de 2016 foi ameaçada de morte com a frase: “Vou ferrar com sua vida e com sua curso”. Ela também se queixou que o logo ex-noivo teria perturbado sua tranquilidade depois ela ter se mudado da lar do parelha, em 30 de novembro. Ele teria feito inúmeras ligações telefônicas, além de fazer visitas inesperadas em sua novidade morada — ela estava asilo na lar de Carla Prata.

Em testemunho, o ator narrou que no dia da mudança da artista havia uma equipe policial e fotógrafos registrando a movimentação. Desde logo, ele relatou que não teve mais contato com a ex, a não ser uma vez que a procurou por mensagem para resolver uma multa de trânsito. Em sua resguardo, ele contou que se retirou de um evento no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, quando soube que ela estava lá e sequer sabia onde a atriz da Record residia. 

Posteriormente devassa, a juíza Bianca Ferreira do Amaral Machado Nigri, do renda regional da Barra da Tijuca, analisou que não havia provas dos referidos crimes pleiteados pela protótipo.

“Em relação ao violação de perturbação da tranquilidade da vítima, não há nos autos qualquer elemento que comprove que o denunciado a importunou por meios de ligações telefônicas, já que não há qualquer print do celular da vítima confirmando o alegado. E ainda não há qualquer testemunha ou informante que tenha visto o denunciado fazendo visitas inesperadas à residência ou trabalho da vítima”, destacou.

“Não há porquê utilizar-se de prova emprestada pelos depoimentos realizados no processo em que apenso, uma vez que não há qualquer testemunho que embase a pena do denunciado, já que nenhuma das testemunhas teria presenciado a ameaço e perturbação da tranquilidade da vítima”, continuou.

Sem provas ou testemunhas, o artista foi inocentado. “Para perdoar o denunciado Douglas Sampaio com relação aos fatos descritos na peça acusatória”, determinou a magistrada. 

Em testemunho para o A Tarde É Sua, da RedeTV!, Sampaio falou sobre a decisão. “Estou feliz com a solução do caso, da minha inocência. É um consolação para mim perante as pessoas. A verdade sempre esteve comigo. Nunca fiz zero. E que ela pague agora para a Justiça. Não pode permanecer impune uma moca dessa. Uma denúncia tão grave e tão devastadora na vida de alguém”, declarou.

“Essa denúncia me causou sérios problemas, grandes danos que até hoje não recuperei. Mas se Deus quiser, vou restabelecer. Sei que a Justiça de Deus tarda, mas não lacuna”, finalizou.

Ao Notícias da TV, Glaucio Lira de Oliveira, jurisconsulto de Sampaio comentou o desfecho favorável para seu cliente. “Ele foi muito injustiçado ao longo desses anos. O Ministério Público pediu a perdão e não vai ter recurso”, resumiu. Procurada, Rayanne não retornou aos contatos da reportagem até o fechamento deste texto.

Veja enunciação de Douglas Sampaio para o A Tarde É Sua: 

Links Patrocinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui