Dona da Philips Hue lança sensação 3D de luminárias no Brasil | Negócios

0
16
Links Patrocinados

A Signify, dona da Philips Hue, anunciou nesta terça-feira (1) o lançamento do serviço de sensação de luminárias 3D no Brasil. Com a novidade, a empresa promete “flexibilidade no design”, para que o cliente possa ter projetos personalizados e promete o uso de materiais recicláveis, reforçando o seu compromisso de estribar a economia circunvalar.

Dona da Philips Hue lança sensação 3D de luminárias no Brasil (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

O negócio possibilita ao cliente escolher luminárias exclusivas com formatos, texturas e cores diferentes. No Brasil, a Signify diz que conta com uma equipe especializada que pode ajudar no desenvolvimento do projeto. Nesta tempo inicial, modelos de painéis downlights, projetores e pendentes já estão disponíveis, podendo ser modificados. A instalação poderá ser feita, por exemplo, em hotéis, escritórios, lojas e restaurantes.

“Somos uma empresa com potente presença no Brasil e queremos continuar atendendo nossos clientes com as mais recentes inovações. Disponibilizar a sensação 3D cá é segmento disso, ao mesmo tempo que mostra nosso compromisso em estribar a economia circunvalar para uma melhor sustentabilidade no país”, disse Sergio Costa, Presidente da Signify Brasil.

Luminária 3D da Philips (Imagem: Divulgação/Signify)

Luminária 3D da Philips (Imagem: Divulgação/Signify)

A sensação 3D ocorrerá nas instalações da Signify e a entrega dos equipamentos deve intercorrer em até quatro semanas. A companhia já lançou um site no Brasil com as informações da novidade, mas não divulgou valores iniciais.

Luminárias 3D da Philips (Imagem: Divulgação/Signify)

Luminárias 3D da Philips (Imagem: Divulgação/Signify)

Com foco na economia circunvalar, as empresas interessadas poderão retirar e entregar as suas luminárias atuais e a Signify promete reutilizar esse material para produzir o protótipo 3D. “É um elemento-chave do compromisso da Signify em vergar suas receitas circulares para 32% em 2025, uma vez que segmento do programa Brighter Lives, Better World 2025, lançado em setembro de 2020”, diz a dona da Philips Hue em expedido.

Por enquanto, a novidade atenderá exclusivamente o mercado B2B, mas a empresa não descarta a possibilidade de levar o serviço para o B2C.

Links Patrocinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui