Departamento de Trânsito do Pará instala equipamentos de velocidade na BR-316

0
23

Visando prometer mais segurança a condutores e pedestres que trafegam na BR-316, o Departamento de Trânsito do Estado (Detran) iniciou a instalação de equipamentos eletrônicos de velocidade no municípios de Marituba, na Região Metropolitana de Belém. Ao todo, serão oito pontos de fiscalização, seis nos dois lados da via e dois em unicamente um sentido. Com limite de velocidade de 60 km/h, permitida para áreas urbanas, os equipamentos objetivam reduzir os acidentes registrados no perímetro.

Dados do Detran mostram que os primeiros 18 km da BR, de jurisdição do Estado, são um ponto crítico da rodovia, onde se concentra o maior número de acidentes em toda a extensão da via. Segundo o Departamento, somente em 2020, foram registrados 321 acidentes no trecheo do município, em Marituba, com 103 feridos e nove mortes. As principais vítimas são motociclistas e pedestres. 

O Detran ressalta que no caso específico de Marituba, o órgão não instalou lombada eletrônica, mas unicamente controladores de velocidade, ou seja, indicam que a velocidade recomendada deve ser mantida ao longo da rodovia e não unicamente nos pontos onde os equipamentos estão presentes.

“Todos os condutores e pedestres que trafegam por Marituba têm o conhecimento de que se trata de um trecho perigoso, com número de acidentes e mortes crescentes. Portanto, é uma medida que visa a manter o controle de velocidade permitida pela legislação para esse tipo de via e, assim, preservar vidas”, alerta o diretor Técnico-Operacional do Detran, Bento Gouveia.

A implantação de fiscalização eletrônica em todos os tipos de vias está amparada na Solução 798, de 2 de setembro de 2020, que recomenda o uso de medidores de velocidade para vistoriar o limite sumo de velocidade regulamentado para o sítio, que indique a velocidade medida e contenha dispositivo registrador de imagem que comprove o cometimento da infração. A solução considera, ainda, uma vez que trecho crítico o segmento de via inscrito em extensão que concentre número de acidentes com mortes e lesões no trânsito considerado significativo pela domínio de trânsito com perímetro sobre a via.

O Detran esclarece, no entanto, que os equipamentos ainda estão na temporada de implantação  e posteriormente será feita a orientação aos condutores. Somente depois essa lanço, a fiscalização eletrônica começará a autuar os infratores, com previsão para o próximo mês de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui