Covid-19: Operação Pinga deve vacinar mais de 4 milénio moradores de áreas isoladas do Acre | Acre

0
23
Links Patrocinados

Para saber os moradores de áreas ribeirinhas e de difícil aproximação, o Programa Pátrio de Imunização (PNI) iniciou, no último dia 14, a Operação Pinga para imunizar o público prioritário que ainda não tomou a vacina contra a Covid-19. A ação segue até o próximo dia 21.

A maior secção da ação é feita com pedestal leviano. Durante a operação, as equipes devem imunizar 4,6 milénio pessoas de várias faixas etárias.

Serão atendidas as populações das seguintes cidades:

  • Sena Madureira – dias 14,15 e 16;
  • Feijó – dias 17 e 18;
  • Tarauacá – dia 19;
  • Jordão – dia 20;
  • Rodrigues Alves – dia 21;
  • Marechal Thaumaturgo – dia 21.

Operação vai levar vacina para comunidades de seis cidades do interno do Acre — Foto: Registo/Sesacre

Em dois dias de ação, dados do PNI mostraram que foram atendidas 951 e 1.151 doses foram aplicadas.

O objetivo da ação é concordar os municípios na cobertura vacinal priorizando idosos supra dos 60 anos e ribeirinhos de 18 a 59 anos das comunidades.

Além da imunização contra a Covid-19, a operação também vai concordar as equipes municipais na primeira período da Campanha contra a Influenza 2021 e também atualização da carteira de vacina dos moradores.

De convénio com informações do portal de transparência do governo, o Acre recebeu 341.300 doses de vacinas e foram aplicadas 237.778 até essa quinta (17), data da última atualização, sendo 172.372 da primeira ração e 65.406 da segunda. Rio Branco aplicou 113.772 doses e Cruzeiro do Sul 27.331.

Segundo o governo, o número de doses aplicadas que consta no portal refere-se aos dados já inseridos no sistema do Ministério da Saúde, cujas atualizações são realizadas pelos municípios. Por isso, pode possuir delonga nas informações.

Reveja os telejornais do Acre

Links Patrocinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui