Confira os oito famosos mais ‘xexeiros’ do mundo das celebridades

0
17

Parece que apesar de suas fortunas e cachês altos, nem as celebridades escapam de histórias envolvendo os ‘boletos’ não pagos.

Pensando nessa temática, o Social 1, com informações do UOL, separou oito casos de famosos brasileiros que são acusados de terem oferecido um calote. Confira:

Neymar x médico

O obstetra Herbert Kramer entrou na Justiça para pedir R$ 51 milénio pela realização do parto de Davi Lucca, fruto do jogador com a influenciadora Carol Dantas. Neymar alegou que o valor é condenável. Um consonância foi feito pelos dois em 2020. 

Giovanna Lancellotti e Caio Castro

Em participação no programa ‘Que história é essa, Porchat?”, a atriz revelou que ela e Caio Castro fugiram de um hospital no Chile sem remunerar a conta. O ator precisou ser atendido no sítio pois se machucou ao desabar quando surfava em uma piscina de ondas artificiais.  

Belo x Denilson

O cantor foi sentenciado a indenizar o ex-jogador de futebol Denilson, que gerenciava a filarmónica Soweto. Belo saiu do grupo para iniciar sua curso solo, o que segundo o macróbio agente, configurou porquê quebra de contato.

O ex-jogador afirma que ainda não recebeu o quantia da indenização, já Belo diz que deve exclusivamente juros.

Ex-BBBs Cris Mota x Leka

Cris Mota, participante do BBB 1, diz que sua colega de reality show, não dividiu um prêmio de R$ 50 milénio recebido em um programa de TV. Ela alega que Leka declarou ao vivo que dividiria o valor com a colega, mas Cris Mota relata que nunca viu o quantia.

Tatá Werneck X Maquiador

O maquiador Bruno Di Simone afirmou em enunciação feita em seu meato no YouTube que a atriz lhe devia R$ 350 por uma maquiagem que ele realizou. 

Depois isso, ele disse que Tatá Werneck o procurou e fez o deposito de uma ‘boa quantia’. 

Latino x Hospital Albert Einsten

O cantor está sendo processado por não remunerar o valor de R$ 9.400 em procedimentos médicos feitos em 2016. A assessoria de Latino afirma que o caso exclusivamente é uma ‘pendência’ deixada pelo macróbio escritório que gerenciava a curso do cantor, mas que o tudo está sendo resolvido.

Ex-BBB Caio Afiune

O participante ingressou no BBB21 com saldo vermelho. Ele teve 28 cheques sem fundo devolvidos, somando o valor de R$ 37 milénio, além de uma dívida de R$ 8 milénio. Devido a sua participação no reality, Caio ganhou prêmios suficientes para quitar as dívidas.

Eduardo Costa x ex-jogador

O cantor alega ter levado um calote ao vender sua moradia localizada em Belo Horizonte e avaliada em R$ 10 milhões. O comprador seria ninguém menos que o ex-jogador de futebol Fábio Junior Pereira, que diz ter dissolvido o negócio.

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui