Claudia Raia relembra tentativa de estupro sofrida, aos 13 anos, em Novidade York | Celebridades

0
26
Claudia Raia participa do “Conversa com Bial” e revela detalhes de sua vida pessoalReprodução/TV Orbe

Por O Dia

Rio – Claudia Raia foi a convidada no “Conversa com Bial” desta sexta-feira (30). A atriz compartilhou alguns detalhes dos relatos que compõem seu livro de memórias recém-lançado, “Sempre raia um novo dia”. Um dos assuntos foi a tentativa de estupro que Raia sofreu quando tinha 13 anos e morava em Novidade York, quando precisou se tutelar com uma coruja de vidro.

Segundo a atriz, que também é bailarina, o trajo ocorreu quando estudava no American Ballet, em 1979. Claudia se mudou sozinha para os EUA e morava com um coreógrafo que tinha a crédito de sua mãe. Em uma noite, o varão foi conversar com a atriz, com 13 anos na quadra, e colocou a mão em sua perna. “Vi que a mão poderia subir e olhei ao lado imediatamente para ver o que tinha para me tutelar”, relembra.

Foi quando Claudia encontrou a coruja de vidro, símbolo do estado de Novidade York, ao lado da leito. “Quando ele veio com a mão, me deitou e foi para cima de mim. Com essa mão eu peguei a coruja e ‘pá!’ na cabeça dele”, relata. Logo, a atriz juntou seus pertences e fugiu da mansão.

“Venho de uma família extremamente feminista, uma família de mulheres. A gente não falava de feminismo na quadra, mas éramos ‘mulheres que vestiam as calças’”, declarou Claudia ao relembrar o incidente vivido.

Término de namoro com Jô Soares afetou a atriz

Ainda no programa, Claudia se abriu sobre os relacionamentos vividos antes de permanecer com seu atual marido, o ator e bailarino Jarbas Varão de Mello. A atriz namorou Jô Soares aos 17 anos de idade enquanto o apresentador tinha 52. Quando o humorista decidiu fechar a relação, Claudia conta que ficou muito mal: “Eu quase morri. Mesmo. Eu tava muito apaixonada por ele”.

O próximo relacionamento sério de Raia viria a ser com o portanto ator Alexandre Frota e os dois chegaram a matrimoniar em 1986. A cerimônia de tálamo dos artistas abre o livro de memórias de Claudia Raia, onde conta que sua mãe foi bastante enfática ao pedir que a filha não se casasse com Frota, momentos antes do casório iniciar. “Minha filha, não mansão. Esse varão não é pra você”, alertou.

Com 500 convidados, 10 milénio pessoas cercando a Igreja da Candelária e até um sapato da prometida sendo roubado, a cerimônia chegou ao termo e o tálamo entre Claudia Raia e Alexandre Frota durou cinco anos. “Comecei a namorar Alexandre Frota no tropeço, quer manifestar, na dor de corno que eu tava com o Jô, entrou o Alexandre Frota na curva”, comentou a atriz durante a entrevista desta sexta-feira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui