caminhoneiros começam a usar a tecnologia a seu obséquio

0
35

Nos últimos anos, empresas do setor de fretes e caminhoneiros autônomos buscaram alternativas tecnológicas para reduzir os custos de frete e oferecer melhores condições de trabalho, e os aplicativos vieram com esse objetivo. As ferramentas de trouxa ganharam espaço no mundo todo. Elas buscam diminuir os entraves operacionais e reduzir os custos.

Alguns estudos da FreteBras comprovam que a pandemia de Covid-19 parece ter promovido ainda mais a transformação do dedo da indústria de frete. A plataforma de cargas atingiu a marca de 4 milhões de fretes nos primeiros 9 meses de 2020, 60% superior ao número registrado no mesmo período de 2019. O frete totalidade talhado aos caminhoneiros é de murado de 40 milhões de reais.

Em entrevista ao Estadão, o diretor de operações Bruno Hacad disse que a plataforma teve mais de 10 milhões de buscas por fretes em 2019 e foram registrados pedidos em 97% das cidades do país.

A chegada dos apps de trouxa

No mercado brasiliano já existe um grande número de aplicativos de cargas disponíveis, porquê o Lalamove, FreteBras, Loggi, Brazza Trouxa para fornecimento e procura de mercadorias, e empresas focadas na geração das soluções, porquê a Codificar.

A utilização da plataforma de cargas funciona com pequenas, médias ou grandes empresas utilizarão o CNPJ efetivo para se cadastrar no site da utensílio.

Já os motoristas de caminhões autônomos baixam os aplicativos e se cadastram nas plataformas.

Website: http://codificar.com.br

Veja também:

Suspeito pelo homicídio no Jardim Itália é identificado

DINO
Nascente é um teor mercantil divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terreno

  • separator

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui