Auxílio emergencial: Nascidos em novembro podem sacar verba hoje | Brasil e Política

0
18

Os depósitos do auxílio emergencial acabaram desde o termo do ano pretérito, mas ainda há milhões de brasileiros que não tiveram aproximação pleno aos últimos pagamentos. Nesta segunda-feira (25), 3,3 milhões de pessoas nascidas em novembro que não movimentaram o verba recebido em Conta Poupança Social Do dedo podem sacar o mercê em espécie ou transferi-lo para outra conta. Esta é a última semana de saques do auxílio emergencial.

Aniversariantes de dezembro encerram o calendário de saques e transferências nesta quarta-feira (27). Nascidos entre janeiro e outubro já tiveram os saques e transferências liberados oriente mês.

Essas pessoas ainda vão ter os valores liberados de até duas parcelas, recebidas nos Ciclos 5 e 6, que foram pagos em novembro e dezembro.

O valor dos saques é de R$ 600 (R$ 1,2 milénio para mães chefes de família) ou de R$ 300 (R$ 600 para mães chefes de família) da extensão do auxílio emergencial.

Onde posso sacar o auxílio emergencial?

O saque do auxílio emergencial pode ser feito nas agências da Caixa Econômica Federalista (CEF), das 8h às 12h. A Caixa diz que não é preciso matinar nas filas à espera de atendimento. Todas as pessoas que comparecerem às agências serão atendidas no mesmo dia. O saque em verba também poderá ser feito em casas lotéricas, caixas eletrônicos ou nos correspondentes Caixa Cá.

Uma vez que realizar o saque em verba?

Para realizar o saque em verba do auxílio emergencial é preciso fazer o login no aplicativo Caixa Tem, selecionar a opção saque sem cartão e gerar o código de saque.

Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular. O código, que tem validade de uma hora, deve ser utilizado nos caixas eletrônicos da CAIXA, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes Caixa Cá.

Pelo aplicativo Caixa Tem também é provável transferir o verba para outra conta, mas o limite para movimentação é de até R$ 600 por dia.

— Foto: Gabriel de Paiva/Escritório O Orbe

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui