Audi licenciará 10 milénio por falta de chips na traço de produção

0
25

A indústria automotiva mundial está parando… O motivo? Falta de chips para os processadores e semicondutores está reduzindo a produção de automóveis, principalmente na Europa.

A Audi, por exemplo, vai colocar em licença 10.000 funcionários da traço de produção, visto que não há porquê fazer os carros sem os semicondutores.

Nas vegetação de Ingolstadt e Neckarsulm, a Audi vai reduzir o ritmo até 29 de janeiro devido à falta de componentes. Nessas duas fábricas, são feitos os modelos Audi A4 e A5.

Markus Duesmann, presidente-executivo da Audi, disse que não haverá impacto na produção global da marca, mas terá de reduzir o volume. A empresa tentará manter o incisão em 10.000 carros e restaurar o volume no segundo semestre.

Volkswagen, Nissan, Ford, Honda e Daimler estão tendo problemas na Europa com a falta de semicondutores e a Honda parou a fábrica de Swindon, no Reino Uno. A VW reduziu o ritmo em algumas vegetação e a Daimler seguiu o curso.

Na Alemanha, unicamente a BMW disse não ter problemas com a falta de insumo. Já nos EUA, a coisa atinge principalmente Ford, Stellantis, Toyota, Subaru e Volkswagen.

O problema atual começou no primeiro semestre de 2020. Com a potente queda nas vendas de automóveis, decorrente da quarentena em virtude da Covid-19, as montadoras cortaram a compra de chips e semicondutores.

Ao pretérito que a indústria automotiva reduzia as compras, com a quarentena, as vendas de dispositivos eletrônicos, porquê smartphones, tablets e consoles de videogame, porquê o PlayStation5, dispararam.

Com mais pessoas em lar e aumento no serviço de entregas, os chips dos fornecedores globais acabaram indo para a indústria de eletrônicos, que manteve a subida posteriormente a reabertura dos mercados.

Nisso, as montadoras voltaram a pedir chips, mas os fornecedores dão preferência agora aos eletrônicos, visto que compram muito mais e pagam melhor. Assim, os fabricantes de carros ficaram em segundo projecto. A expectativa é que a situação se normalize unicamente no segundo semestre de 2001.

[Fonte: Carscoops]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui