“Ainda me chamam de Mini Ana Paula Arósio”, diz Rafaela Romolo – Quem

0
13

Rafaela Romolo ficou conhecida uma vez que Mini Ana Paula Arósio na puerícia (Foto: Reprodução)

Rafaela Romolo tinha somente três anos quando estrelou um mercantil de telefonia e ficou nacionalmente conhecida por ser a versão em miniatura de Ana Paula Arósio. Atualmente com 20 anos, a atriz conta que ainda recebe o carinho das pessoas que a reconhecem.

“Quando eu fiz o mercantil, não tinha noção do sucesso dele. Hoje, tenho mais consciência porque as pessoas, mesmo depois tantos anos, ainda me param na rua por razão dele. Ainda me chamam de Mini Ana Paula Arósio. Tenho muitas histórias engraçadas de gente me parando no meio de um conjunto de Carnaval para perguntar se eu era a moça do mercantil. Querem saber uma vez que estou e o que ando fazendo. Tem gente que me pergunta se sou parente da Ana Paula também (risos). Geralmente é uma abordagem muito carinhosa e eu paladar muito”, conta ela, que foi chamada para o mercantil depois um produtor vê-la na rua.

“Sempre fui muito parecida com a Ana Paula Arósio e uma vez me pararam na rua me convidando para um teste de mercantil. Eu mal sabia falar e estava na seleção com meninas mais velhas. Acabei passando no teste. Lembro muito pouco das gravações, mas ficou guardado na minha memória o quanto eu gostava de estar ali e o quanto aquilo me divertia. Talvez por isso eu tenha resolvido seguir a profissão de atriz.”

Rafaela Romolo e Ana Paula Arósio no comercial (Foto: Reprodução)

Rafaela Romolo e Ana Paula Arósio no mercantil (Foto: Reprodução)

Esse universo da TV a encantou tanto que ela decidiu se preparar para trenar a profissão de atriz. No ano pretérito, Rafaela concluiu a graduação em Artes Cênicas pelo Núcleo de Artes e Instrução Célia Helena, em São Paulo.

“A profissão é muito difícil. Comecei a ter contato com isso cedo e sentia essa urgência de estudar e me preparar para me sentir segura para trenar essa profissão tão formosa. Acho que um ator está sempre estudando, é uma preparação infinita”, explica Rafaela, que trabalhou uma vez que cantora e também na Ford TV.

“Desde os três anos me dedico a estudar e fazer teatro. É a minha maior paixão. Só cogitei outra profissão quando terminei o colegial. Palato de ortografar e pensei em fazer Jornalismo. Cheguei até a prestar vestibular, mas quando recebi a notícia de que tinha sido aceita no Célia Helena, tive certeza que era isso mesmo que queria. Não me vejo fazendo outra coisa.”

Rafaela Romolo  (Foto: Divulgação)

Rafaela Romolo (Foto: Divulgação)

Rafaela, que é agenciada por Dell Santhos, da Sagarana, se sente preparada para realizar o sonho de atuar em uma produção audiovisual.

“Meu sonho é trabalhar na minha extensão. Minha formação principal é voltada ao teatro, mas paladar muito de cinema e TV e tenho sentido esse libido de fazer audiovisual. Me sinto pronta para voltar para a TV. Estou mais madura e segura. Iria amar atuar em um filme, série ou romance”, almeja.

Rafaela Romolo  (Foto: Divulgação)

Rafaela Romolo (Foto: Divulgação)

Uma vez que foi trabalhar com a Ana Paula Arósio?
Ela sempre foi muito querida comigo. Por eu ser muito novidade, ela tentava ao supremo fazer com que eu me sentisse muito. A primeira vez que a gente se viu, ela comentou: “Nem se eu tivesse uma filha, ela seria tão parecida comigo uma vez que você é”. 

Vocês ainda mantêm contato?
Nosso contato se perdeu logo depois o término das gravações em 2004. Depois disso, ela também acabou se afastando da TV e da mídia. Mas seria muito lítico reencontrá-la.

Você diz que recebe muito carinho por ter feito o mercantil, mas esse sobrenome de Mini Ana Paula Arósio sempre teve um retorno positivo em sua vida?
O maior duelo nesta profissão, e acho que da vida, é mourejar com os rótulos. As pessoas tentam te rotular o tempo todo. Uma vez que fui a Mini Ana Paula Arósio, algumas pessoas só me enxergam assim. Já até ouvi pessoas cobrarem que eu não estou mais tão parecida com ela (risos). Não tenho essa obrigação de ser transcrição da Ana Paula. Mas a confrontação não incomoda.

Rafaela Romolo e Ana Paula Arósio  (Foto: Reprodução/Instagram)

Rafaela Romolo e Ana Paula Arósio (Foto: Reprodução/Instagram)

Logo depois o mercantil, você tentou a curso músico. O que mais te encanta nesta profissão de atriz?
O que mais me encanta é poder estar integralmente ali naquele momento. Quando estou atuando, estou completamente inteira naquele espaço, seja no palco ou em frente às câmeras. Não consigo pensar em outra coisa. Também paladar muito da escuta ensejo com o outro e comigo mesma que a profissão dá.

Não é uma profissão fácil…
Infelizmente, a cultura está ainda mais desvalorizada no nosso país neste momento. Cada vez mais, os artistas perdem seus direitos.

Você está com 20 anos. Está estudando ou pretende fazer outra faculdade?
Terminei a graduação de três anos do Célia Helena no ano pretérito. Foi um duelo. Eu estava em Portugal para fazer um semestre do curso lá quando a quarentena começou. Fiquei só dois meses e voltei para o Brasil. Depois fiz todo o processo de desfecho do curso online. Tivemos que harmonizar a obra ‘A Psique Boa de Setsuan’, do Brecht, para esse universo online. Ficou uma peça online de três horas! Ao mesmo tempo foi bom porque acabamos entendendo os mecanismos de fazer teatro neste novo formato. São novos meios de fazer arte que estamos descobrindo com a pandemia. O artista não consegue permanecer parado. A gente tem essa urgência de se expressar e de poder falar. Agora tenho vontade de fazer pós-graduação em Direção e Atuação.

Rafaela Romolo na peça A Alma Boa de Setsuan (Foto: Divulgação)

Rafaela Romolo na peça A Psique Boa de Setsuan (Foto: Divulgação)

Rafaela Romolo  (Foto: Divulgação)

Rafaela Romolo (Foto: Divulgação)

Rafaela Romolo  (Foto: Divulgação)

Rafaela Romolo (Foto: Divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui